Skip to main content

As 10 doenças mais comuns entre os idosos

Por 11 de julho de 2022Vida e Saúde
doenças mais comuns nos idosos

É mais do que sabido que a chegada à terceira idade exige ainda mais cuidados médicos, pois os idosos são alvos de mais alterações de imunidade. Consequentemente, eles passam a ter mais riscos de infecção.

Mas você sabe quais são as doenças mais comuns nos idosos?

Confira as doenças que acabam afetando mais esse grupo de pessoas e que, por isso, merecem mais atenção e devem ser foco de uma palavra mais do que importante: prevenção.

Sim, prevenção! Mas para prevenir e assim evitar a chegada ou a evolução de uma enfermidade sempre é válido ter uma ajuda extra: contar com o apoio e a segurança de um plano de saúde para idosos acima de 60 anos.

Cotação online de Planos de Saúde

Doenças mais comuns nos idosos

A população da terceira idade está crescendo cada vez mais no Brasil, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) serão mais de 32 milhões de idosos em 2025. Por isso, é essencial voltar os olhos para a saúde o quanto antes para que as doenças mais comuns nos idosos não tenham o mesmo crescimento do número de pessoas que habitarão o País dentro de apenas três anos.

Mais do que conhecer as principais doenças que atingem as pessoas da terceira idade, é essencial saber o que pode ser feito para preveni-las.

Doenças cardiovasculares

O coração merece toda a atenção entre os idosos, pois há décadas é comum observar nesse grupo a ocorrência de, por exemplo, angina, infarto e insuficiência cardíaca.

Portanto, é vital a visita a um cardiologista, principalmente quando certos sintomas estão presentes: dor no peito, falta de ar, inchaço e palpitações. 

A prevenção mais indicada para se manter distante de problemas cardíacos se resume à:

  • Prática de atividade física com frequência;
  • Estar distante de cigarros;
  • Muito atenção ao controle de peso, do colesterol e do consumo de açúcar, que leva a uma doença comum nessa fase: a diabetes.

Derrames (Acidente Vascular Cerebral – AVC)

O AVC é uma doença temida, pois dependendo do grau pode até mesmo deixar a pessoa sem movimentos. Por isso, é preciso dar atenção a sintomas que vão de uma simples tontura e outros mais preocupantes como, por exemplo, desmaio e mesmo paralisia súbita.

Assim como os meios adotados para a prevenção de problemas cardíacos, para a prevenção de AVC é recomendada:

  • A prática de atividade física com regularidade;
  • Não fumar;
  • Manter sempre a rotina de controlar a pressão arterial, o peso e o colesterol.

Câncer

Talvez a doença mais temida, não só pelos idosos, o câncer pode apresentar como principal sintoma o emagrecimento sem que a pessoa esteja buscando a diminuição do peso. 

Como a medicina sempre explica, quanto antes o câncer for detectado, maiores serão as chances de cura. Diante desse fato, consultar o médico pelo menos uma vez ao ano é mais do que necessário. Assim, o exames preventivos podem ser feitos, além de também ser importante evitar a exposição ao sol em excesso e não fumar.

Pneumonia

A pneumonia é uma das doenças mais comuns nos idosos. Por isso, é essencial prestar atenção aos principais sintomas que aparecem: febre, dor ao respirar, escarro e tosse.

Para se manter distante dessa enfermidade, os especialistas recomendam:

  • Prática de alguma atividade física (sempre de forma regular);
  • Alimentação saudável;
  • Ter sempre a vacinação em dia – para a gripe, pneumonia e covid-19.

Enfisema e Bronquite Crônica

Muitas pessoas confundem a pneumonia com a bronquite e mesmo com o enfisema, pois todas as doenças têm os mesmos sintomas: falta de ar, tosse e escarro. 

A prevenção aqui também é igual em relação às enfermidades mencionadas. É preciso se manter distante de cigarros, fazer uma atividade física, estar bem alimentado e ainda ter a casa ventilada e aberta ao sol.

Infecção urinária

Quando o idoso sente ardor ou mesmo vontade frequente de urinar, é hora de ir ao médico para tratar a infecção urinária e também a causa. O plano de saúde pode ser de essencial suporte, pois estamos falando de um problema de saúde muito comum nos idosos, ou seja, pode ocorrer com frequência.

Diabetes

A diabetes é uma doença silenciosa e que pode levar a várias consequências graves como, por exemplo, problemas cardíacos. Portanto, sintomas como aumento da sede e também das idas ao banheiro para urinar devem ser avaliados com critério.

Para prevenir essa doença, é recomendado controlar o peso e a taxa de açúcar no sangue. 

Mal de Alzheimer e outras demências

Sintomas como esquecimento, tristeza e falas destoantes são alertas para um problema temido: o Alzheimer e, claro, outras demências que atingem os idosos, deixando-os desligados do mundo.

Levá-los ao médico com frequência é uma opção que pode favorecer o controle do quadro, pois hoje em dia há vários tratamentos que podem retardar a evolução da doença. 

Osteoporose

A osteoporose não apresenta sintomas. Normalmente, o idoso sabe que tem a doença quando uma complicação surge, ou seja, quando ocorrem fraturas.

Praticar atividade física constante, não fumar e comer alimentos ricos em cálcio (leite, por exemplo) são medidas preventivas. Porém, a ida ao médico e a realização de exames é primordial para detectar qualquer sinal desse tipo de enfermidade.

Como prevenir com um plano de saúde?

É verdade que ter um plano de saúde é importante em qualquer fase da vida. Mas ter o suporte de um plano de saúde quando se tem mais de 60 anos de idade pode fazer toda a diferença, principalmente quando estamos falando de prevenção.

É claro que para manter essa tal da prevenção em dia e ter um envelhecimento melhor e livre das doenças mais comum os idosos é importante, além de ter um plano de saúde, ter também hábitos saudáveis.

Isso significa ter acesso a uma alimentação equilibrada, praticar esportes (mesmo que seja uma simples, porém, essencial caminhada), entre outras questões que possam manter o idoso ativo física e mentalmente.

Afinal, a terceira idade não é mais como era antigamente. Hoje, é possível viver melhor, com mais saúde e, assim, ter a expectativa de aproveitar tempos felizes pela frente.

Cotação online de Planos de Saúde

Última atualização em 11/07/2022

Deixe uma resposta