Skip to main content

O Plano de Saúde na prevenção de doenças

Por 17 de junho de 2021Vida e Saúde
plano de saúde para prevenção

Engana-se quem pensa que a única vantagem de ter um plano de saúde é contar com  suporte quando surge uma doença. Ou então quando ocorre um acidente inesperado. Mais do que isso, ter um plano de saúde é uma das principais medidas para as pessoas que desejam prevenir doenças futuras. Afinal, o plano é o passaporte para a realização de consultas de rotina preventivas. Mas então como então usar o plano de saúde na prevenção de doenças?

Cotação online de Planos de Saúde

Prevenção: vantagens para todos os lados

Falar em prevenção de doenças é algo muito sério e relevante. Assim, desde 2004, a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) vem estimulando as operadoras dos planos de saúde privados a darem mais atenção ao tema.

Diante desse contexto, os programas de prevenção têm como objetivo potencializar melhor o uso dos planos de saúde. Assim, beneficia usuários, em virtude da prevenção, e até mesmo o Sistema Suplementar (atividade que envolve a operação de planos ou seguros de saúde).

Pelo ângulo do paciente, isso se dá em diferentes níveis. A prevenção pode sim evitar o surgimento de um problema de saúde. Porém, caso não evite, os esforços serão destinados a detectar o problema e tratá-lo com a maior rapidez possível. Portanto, ampliará as chances de cura.

Pelo ângulo do uso do plano de saúde para prevenção, o benefício pode ser visto na redução de custos com intervenções caras. Assim, em muitos casos, elas não são eficazes em estágios avançados de certas doenças.

Plano de Saúde para prevenção – Como ele pode ajudar

Com o plano de saúde é muito fácil programar uma rotina de visitas médicas anuais e realização de exames sem que ocorram gastos extraordinários. Essa prática também permite fazer agendamentos organizados com os profissionais e laboratórios.

Entretanto, adotar o hábito de visitas médicas preventivas traz vários outros benefícios. 

Não pense que a medicina preventiva apareceu há pouco tempo. Ela surgiu em meados do século XX como um movimento que tinha a proposta de abordar a medicina de jeito diferente.

A ideia base era justamente mudar o foco da prática da medicina. Até então, ela era exclusivamente para o tratamento das doenças. Portanto, era a hora, então, de atuar com uma visão mais dirigida à promoção da saúde.

Desde aquela época, várias definições surgiram para tal prática. Porém, todas tinham um aspecto em comum: a necessidade de intervenções precoces no curso natural da doença para obter sucesso na estratégia de prevenção.

Mediante essa tese, a medicina preventiva também foi entendida como um conjunto de técnicas representadas por ações de promoção da saúde dos pacientes. E, claro, de prevenção de doenças e suas possíveis complicações.

Assim, trata-se, na verdade, de uma intervenção proativa, feita no tempo presente, em função dos riscos projetados para o surgimento de uma doença no futuro.

Benefícios da medicina preventiva

No início, as práticas de medicina preventiva eram ligadas diretamente à gestão da saúde pública. Porém, com o passar do tempo, elas foram incorporadas pela saúde suplementar.

Entretanto, hoje em dia é muito comum encontrar iniciativas das operadoras dos planos de saúde em favor da prevenção. São ações educativas, como palestras e oficinas para os clientes dos planos. Além de eventos de recreação e até mesmo exercícios ao ar livre.

Essas empresas têm como meta desenvolver cada vez mais programas estruturados para promoverem a saúde. Além de atingirem o alvo da questão – a prevenção de doenças – também geram mais satisfação e fidelização por parte dos clientes.

Aliás, na hora de procurar um plano de saúde para prevenção, vale conhecer o histórico das empresas em relação a tais condutas. Pode ser o grande diferencial para a aquisição de um determinado plano em relação a outro.

Exemplo de ações preventivas

Os planos de saúde costumam organizar ações preventivas e educativas reunindo seus clientes em palestras com médicos e demais profissionais da área da saúde.

Há encontros específicos até mesmo para a realização de atividades físicas semanais. 

Porém, mesmo antes da pandemia provocada pelo novo coronavírus, as empresas também já forneciam monitoramento e acompanhamento por telefone com o foco em doenças crônicas.

Esses programas, vale dizer, são de graça para quem tem o plano. 

Cotação online de Planos de Saúde

Última atualização em 17/06/202

Deixe uma resposta