Skip to main content

O Plano de Saúde na vida do idoso

Por 23 de junho de 2022Vida e Saúde
plano de saúde idoso

O acompanhamento médico é fundamental em todas as fases da vida. Porém, é inegável a importância no dia a dia daqueles que vivenciam a terceira idade que. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), ela começa aos 60 anos nos países em desenvolvimento e aos 65 nos desenvolvidos.

Contar com um plano de saúde para ter mais tranquilidade e suporte na prevenção, além de efetivos tratamentos, passa a ser essencial para o idoso que busca uma rotina com qualidade e, sobretudo, ativa.

Cotação online de Planos de Saúde

Terceira idade: transformações

É fato que na terceira idade há mais chances de a saúde passar por transformações, levando ao surgimento de algumas doenças.

Por isso, contar com um plano de saúde significa prevenir e consequentemente controlar certos problemas para um envelhecimento saudável.

Afinal,quem tem acesso a um plano de saúde idoso terá melhores condições de manter uma rotina de cuidados de qualidade. Isso inclui a atenção dedicada à saúde mental, sem falar na medicina preventiva e nos projetos de socialização.

Sim, ter uma vida ativa na terceira idade vai além das visitas aos médicos para cuidar do corpo, da prática de exercícios e da adoção de uma alimentação equilibrada. Ter qualidade nessa fase inclui outras questões de fundamental importância como a saúde mental e a autoestima.

Diante disso, o plano de saúde idoso amplia sua dimensão. Ele contribui para uma maior socialização, quando investe em atividades que têm a proposta de reunir grupos de pacientes para a realização de exercícios, por exemplo.

Diferenciais do plano de saúde idoso

Ter o apoio de um plano de saúde idoso é imprescindível. Porém, contar com um plano de saúde idoso pode ser ainda melhor.

E essa é uma das opções oferecidas pelo mercado para quem está na terceira idade. O plano de saúde especializado em idosos. Ele oferece atendimento totalmente voltado para essa fase da vida, com profissionais especialistas nesse público e programas específicos.

Pois é, entre as principais vantagens de ter um plano de saúde com foco no idoso estão:

  • O atendimento mais completo às necessidades desse paciente;
  • A possibilidade de apresentação de diagnósticos especializados feitos por profissionais multidisciplinares especializados na terceira idade;
  • Tratamentos com  objetivo de fazer com que os pacientes envelheçam de forma saudável e que tenham qualidade de vida.

Há opções no mercado que ainda oferecem programas especiais para esse grupo específico de pacientes e medicina preventiva sem que ocorram cobranças adicionais, carência e coparticipação.

A relevância da medicina preventiva

Em vários momentos a medicina preventiva – e sua importância na terceira idade – foi mencionada aqui.

Não é para menos. Essa prática importante em toda fase da vida de uma pessoa ganha ainda mais peso quando a terceira idade chega, tornando-se uma aliada para o futuro saudável do idoso.

Pois é, a medicina preventiva tem duas bases de atuação:

  • Evitar doenças;
  • Ou controlar doenças;

Nos dois casos auxiliando os idosos para que tenham mais qualidade de vida e bem-estar, auxiliando para que também tenham mais independência e empoderamento.

A melhor idade

De acordo com estudos realizados, há uma estimativa de que o Brasil terá população composta por mais idosos do que crianças em 2030.

Dito isso, é urgente o investimento nos setores de assistência à saúde com foco nos devidos cuidados daqueles que estão envelhecendo. Com o passar do tempo, o corpo fica mais suscetível a uma série de doenças, disfunções e condições crônicas que podem comprometer a qualidade de vida do idoso.

Mas, sim, a terceira idade é muitas vezes classificada como a melhor idade, principalmente por quem vive essa fase com tranquilidade e disposição.

E, cá entre nós, envelhecer bem é cada vez mais possível a partir do momento em que a pessoa entende que é necessário cuidar da saúde desde cedo.

Mas não há como negar que a saúde na terceira idade ganha um novo sentido. Quando se é jovem e adulto, a palavra saúde se torna sinônimo de vida saudável, livre de doenças. Já uma pessoa com idade pode ser sim muito saudável, mesmo que portando uma ou mais condições que afetam a saúde.

Principais doenças na terceira idade

Algumas doenças que são manifestadas na terceira idade têm relação direta com os hábitos e rotinas estabelecidas ao longo da vida. Entre as mais comuns, constam:

Demência

Perda de função cognitiva no cérebro. Pode ser provocada por lesões cerebrais, como um AVC ou um acidente grave, ou pela degeneração natural das células nervosas com o passar dos anos.

Mal de Alzheimer

A perda da memória recente é o principal sintoma desse tipo mais comum de demência. Ela se instala aos poucos, provocando mudanças de humor e da personalidade, esquecimento e dificuldades de movimento e locomoção.

Mal de Parkinson

A doença que afeta o cérebro, prejudica a coordenação motora e provoca tremores incontroláveis, dificultando movimentos como caminhar e até ficar de pé sem apoio fixo.

Conforme o desenvolvimento, outras dificuldades surgem como, por exemplo, complicações para engolir e piscar os olhos. Cansaço, depressão, desmaios e demência também são sintomas da doença.

Doenças Cardiovasculares

Cabe aqui dizer que as doenças do coração são a grande causa de mortes de idosos no mundo. Em virtude do envelhecimento, as artérias do coração endurecem, aumentando a pressão arterial. Outros quadros como, por exemplo, obesidade, tabagismo e sedentarismo podem causar acúmulo de placas de gordura nas artérias e veias, bloqueando a passagem sanguínea. Esses fatores juntos podem resultar em ataques cardíacos, situação que pode ser ainda mais fatal na terceira idade.

Perda visual e auditiva

A passagem do tempo também leva ao desgaste natural das estruturas do corpo, com ênfase na audição e visão. Enquanto a perda auditiva tem no uso de aparelhos de audição uma saída, a catarata, doença mais comum em idosos, tem cirurgia simples.

Osteoporose

Trata-se de uma doença que pode causar fraturas e dificultar a autonomia do idoso em decorrência do desgaste de cálcio dos ossos, situação natural a partir dos 60 anos.

São muitos os problemas que podem ocorrer na terceira idade, mas com a assistência de um plano de saúde é possível viver essa fase com mais vigor, principalmente se os cuidados começarem mais cedo.

Cotação online de Planos de Saúde

Última atualização em 23/06/2022

 

Deixe uma resposta