Skip to main content

O Seguro de Vida vitalício vale a pena?

Por 10 de junho de 2022Vida e Saúde
seguro de vida vitalício

Sempre quando vamos escolher a contratação de um produto que requer um investimento e um planejamento, ficamos na dúvida se estamos fazendo a opção correta. Mesmo que a gente entenda a importância dessa realização, ninguém quer tomar uma má decisão.

O seguro de vida é uma dessas ferramentas que já se provou como um item relevante nesta consideração do que é prioritário nas nossas vidas. Porém, como ele se apresenta de diferentes formas, o receio fica em qual tipo de apólice escolher.

Neste artigo vamos entender quais as principais informações você precisa ter para perceber se o seguro de vida vitalício vale a pena para o seu perfil. A partir desse conhecimento, sem dúvidas, você terá a confiança necessária para fechar o seu.

Cotação online de Seguro de Vida

O que é Seguro de Vida vitalício?

O seguro de vida vitalício, como o próprio nome sugere, é uma apólice válida para a vida inteira do segurado. Isso significa que você pagará o valor do prêmio de forma integral, ou combinada em um prêmio mensal determinado, em prazo e valor, e as coberturas ficarão ativas até o fim da sua vida.

Ou seja, enquanto houver o cumprimento do compromisso entre segurado e seguradora, com o pagamento do acordo, o benefício da indenização estará garantido.

Outra vantagem interessante do seguro vitalício é que o resgate do valor é maior que as demais modalidades do seguro. Isso ocorre justamente por ser um compromisso de longo prazo e mais planejado. Então, caso aconteça a sua morte, por exemplo, os seus beneficiários vão receber uma quantia maior do que um seguro de vida resgatável, temporário e os outros tipos.

O seguro de vida vitalício também tem a característica de estar isento do imposto de renda (IR). Isto é, quando o valor da apólice for resgatado, de forma antecipada ou não, a tributação referente a essa quantia não será aplicada. Isso acontece, pois o seguro de vida vitalício é considerado uma indenização pela legislação, logo não entra nas regras do IR.

Vale a pena um Seguro de Vida vitalício?

A decisão por um seguro de vida vitalício tem muito a ver com o planejamento financeiro de uma família. Em geral, é uma apólice contratada por pessoas que são as provedoras financeiras principais entre os seus parentes.

E isso acontece, pois caso aconteça uma fatalidade com esse protagonista do patrimônio familiar, as demais não ficam desamparadas.

Então, o seguro de vida vitalício torna-se um planejamento sucessório. Ainda conta com a vantagem da não dedução do imposto, como uma herança exige, e também da facilidade e agilidade no resgate pelos beneficiários. Em geral, eles têm o prazo de 30 dias, estipulado e regulamentado pela Superintendência de Seguros Privados (SUSEP).

Vale reforçar que o seguro de vida vitalício não é uma ferramenta importante apenas nesses casos. Há muitos outros perfis que se encaixam nessa modalidade de investimento patrimonial.

O mais importante é você entender quais são as suas necessidades e possibilidades financeiras em se comprometer com esse produto.

Quanto custa o Seguro de Vida vitalício?

Por ser um produto diferenciado no quesito forma de resgate e de indenização, o seguro de vida vitalício tem um valor de investimento mais alto que os demais.

Isso não significa que é um produto inatingível, talvez apenas precise de uma organização financeira maior por parte do interessado no seguro.

Além disso, o valor do seguro vitalício não obedece uma tabela fixa. Ele vai depender de vários fatores, assim como os outros tipos de seguro. Isso porque considera fatores como a sua idade, e condição e histórico de saúde, e quais coberturas você está adicionando no seu contrato.

Logo, quanto mais itens para serem cobertos pela seguradora, maior o valor do seu prêmio. Entre as coberturas mais contratadas, além da básica que atende a morte acidental ou natural, temos:

  • Invalidez permanente parcial ou total
  • Reembolso por despesas médicas
  • Cobertura para doenças graves
  • Assistência funeral

Ou seja, o seguro de vida não é apenas para benefícios de outros no caso de morte do segurado. Ele pode ser utilizado também em vida, caso você personalize a sua apólice com mais opções.

Qual seguradora escolher para contratar um Seguro de Vida vitalício?

Por fim, uma dúvida muito comum é escolher a seguradora que você irá contratar o seu seguro de vida vitalício. Afinal as opções do mercado são muitas e nem sempre é fácil decidir.

A dica que temos para você nesse sentido é que você deve se informar a respeito da seguradora, pesquisar preços e colocar essas informações na sua consideração. Em resumo, tente esse passo a passo:

  • Certifique-se de que é uma seguradora habilitada pela SUSEP;
  • Analise a empresa e os canais de contato que eles oferecem para que você consiga acessá-los com facilidade em qualquer situação;
  • Busque informações sobre a reputação da seguradora e leia as avaliações dos clientes, seja por recomendação de conhecidos ou pelas informações que o site oferece;
  • Sites como o Reclame Aqui, mostram como a empresa se comporta em relação a solução de problemas, este pode ser um fator muito interessante para considerar;
  • Faça uma cotação, compare e pesquise valores.

Aqui na Bidu nós conseguimos te ajudar a encontrar a melhor empresa para contratar o seu seguro de vida vitalício. Temos em nosso repertório as principais opções do mercado e oferecemos uma cotação on-line, rápida, gratuita e confiável, e você adquire a sua apólice em poucos cliques.

Basta incluir as suas informações pessoais, os seus objetivos de forma sucinta e nós fazemos a pesquisa para você. Essa é a ajuda que você precisa para economizar outro bem preciso: o seu tempo.

Não deixe de considerar o seguro de vida vitalício no planejamento financeiro da sua família, afinal, precisamos viver com mais segurança e tranquilidade, e esse produto irá ajudar.

Cotação online de Seguro de Vida

Última atualização em 10/06/2022

 

Deixe uma resposta