Preciso de um empréstimo pessoal: por onde começar?

Por 18 de janeiro de 2021Finanças
como fazer empréstimo pessoal

Você precisa de dinheiro mas não sabe como fazer empréstimo pessoal? A Bidu explica o que fazer antes de pegar um dinheiro extra. 

Entenda quais são os melhores motivos para pegar um empréstimo pessoal urgente. Saiba o que levar em conta antes de fechar contrato.

Solicitar Empréstimo Pessoal

O que é Empréstimo Pessoal?

Empréstimo pessoal é uma operação de crédito formalizada entre uma pessoa física e uma instituição financeira. Nela, é dá para negociar prazo de pagamento e demais encargos. Assim, é possível saber tudo o que será cobrado antes de fechar contrato. 

Portanto, o empréstimo pessoal é a forma mais rápida e menos burocrática de conseguir levantar uma graninha.

Então, se você está precisando de dinheiro rápido, mas não sabe como fazer empréstimo pessoal, esse pode ser um caminho. 

É um processo simples. Porém, é preciso saber que o empréstimo pessoal tem alguns passos.

Algumas das vantagens do Empréstimo Pessoal são:

  • Prazo de pagamento pode chegar a até 48 meses em alguns casos;
  • O dinheiro cai diretamente na conta corrente;
  • Todo o processo: da solicitação à liberação do crédito pode ser feito online.

Preciso de um Empréstimo Pessoal urgente

Muita gente pode estar vivendo a situação de precisar de um empréstimo com urgência. E o empréstimo pessoal é uma forma rápida de obter recursos financeiros. Isso porque é uma das modalidades menos burocráticas para levantar aquela graninha que você tanto precisa 😉.

Assim, você não precisa explicar o que pretende fazer com o dinheiro. 

Além disso, muitas instituições financeiras trabalham com essa modalidade de crédito. Por isso, ela se tornou uma solução bastante popular e acessível.

Como fazer Empréstimo Pessoal

Ainda não sabe como fazer empréstimo pessoal? Uma dica é pensar no motivo pelo qual você precisa do dinheiro.

Existem muitos motivos que podem justificar a necessidade de levantar uma graninha rápido:

    • Cobrir uma situação inesperada. Neste caso, pode ser algo que exija um gasto que você não estava prevendo como algum acidente. Pode ser alguma questão de saúde, entre outras;
    • Pagar dívidas caras. Às vezes, pode ser que o seu orçamento esteja apertado com o pagamento de dívidas com juros mais altos como cheque especial ou cartão de crédito;
    • Pagar dívidas à vista. É muito comum obter descontos vantajosos no pagamento de dívidas à vista;
    • Limpar o nome. Afinal, o nome negativado pode ser um impeditivo para muitas atividades cotidianas;
    • Aumentar a renda. Poode ser que neste momento você precise de um dinheiro extra para investir em alguma oportunidade. Como por exemplo, um novo negócio;
    • Pagar estudos. Quando você percebeu que fazer um curso novo pode dar aquela forcinha para conseguir aumentar a renda no médio prazo.

Bom, mas esses são apenas alguns dos motivos mais comuns de quem precisa de dinheiro mas não sabe como fazer empréstimo pessoal.

O mais importante é entender que situações imprevistas podem acontecer. Mas, você também pode se preparar para elas e fazer sobrar dinheiro no fim do mês.

Então, agora que você tem um motivo claro para o seu empréstimo, vamos ao passo a passo prático! Entenda por onde você pode começar. 

1- Onde posso conseguir um empréstimo fácil? 

Você pode conseguir um empréstimo pessoal em diversas instituições financeiras. Entre elas estão bancos, fintechs e cooperativas de crédito, por exemplo. 

Para encontrar a melhor opção, você precisa pesquisar. E, no momento em que você estiver buscando, é necessário conferir a reputação da empresa no mercado. Portanto, procure se informar sobre qual a empresa ou banco está por trás desse crédito.

Existem muitas dicas para saber se a instituição é confiável e, também, para se proteger de eventuais golpes:

  • Procure instituições autorizadas pelo Banco Central;
  • Não forneça dados pessoais e documentos para desconhecidos;
  • Desconfie sempre de propostas que condicionam a liberação do empréstimo ao depósito antecipado de qualquer quantia;
  • Desconfie de ofertas que oferecem vantagens “imperdíveis” ou muito milagrosas. 

2- Você já tem crédito pré-aprovado?

Você já tem conta em banco e precisa de empréstimo pessoal? Então, você pode checar se existe algum crédito pré-aprovado para você. 

Só que o crédito pré-aprovado não é a mesma coisa que crédito automático, como é o caso do cheque especial. Mas, sim, um tipo de empréstimo. Nele, a instituição financeira faz uma parte do processo de análise de perfil. 

Se você está mantendo um histórico favorável no pagamento de suas obrigações, este é um bom exemplo de boa conduta financeira. Portanto, neste caso, as chances do banco que você já possui conta lhe oferecer um crédito pré-aprovado são bem altas. 

A única coisa é que existe uma desvantagem no crédito pré-aprovado. Isso porque essa é uma proposta que já vem “fechada”. Sendo assim, é mais difícil negociar as taxas de juros e parcelas com o banco. 

Então, se você precisar de margem para negociação, a dica é buscar outras alternativas de crédito.  

3- Simular crédito online: como faz?

Uma forma de dar mais agilidade é fazer uma busca online. Afinal, gastar sola de sapato indo pessoalmente até bancos e financeiras já é coisa do passado. 

Existem muitas opções de concessão de crédito online no mercado. O mais fácil mesmo é contar com a ajuda de alguma empresa para simular diversas propostas ao mesmo tempo. 

Algumas corretoras como a Bidu, podem facilitar essa pesquisa de forma confiável. Elas ajudam você a encontrar as ofertas que melhor atendem o seu perfil. 

4 – Quais documentos são necessários para eu pedir meu empréstimo?

A lista de documentos mais comum para conseguir um empréstimo inclui:

  • RG; 
  • CPF; 
  • Comprovante de renda. Aqui valem extratos bancários, declaração do imposto de renda, holerite ou carteira de trabalho assinada, no caso de ser CLT. 
  • Comprovante de residência.   

Mas, como dissemos, essa é a relação básica de documentos. Portanto, dependendo da empresa escolhida, ela poderá lhe pedir mais informações. 

Um detalhe importante: o empréstimo pessoal somente pode ser solicitado em seu nome. Isso quer dizer que você não pode fazer qualquer solicitação em nome de terceiros, como pai, mãe, marido ou esposa. Fique ligado!

5 – Como é feita a análise de crédito no empréstimo?

Quem precisa de empréstimo pessoal deve saber que toda solicitação irá passar por uma análise de crédito. Esta é a forma de avaliar se você tem condições de pagar o valor solicitado. 

Portanto, é nessa hora que a instituição credora irá checar a documentação que você entregou. Além disso, fará a consulta aos órgãos de proteção ao crédito. Assim, avaliará o seu score de crédito (pontuação que indica o nível de capacidade de honrar compromissos financeiros). 

+ Saiba como aumentar o seu score de crédito

Tudo isso serve para reduzir o risco possível de inadimplência. 

A análise de crédito também permite que a empresa determine as condições para disponibilizar o valor para você. Isso explica porque as taxas de juros, a quantidade de parcelas e o limite máximo que será emprestado variam de pessoa para pessoa.  

E como falar de análise de crédito no empréstimo sem saber se dá para pedir empréstimo mesmo com o nome sujo? Então, agora vamos saber se isso é possível…

6- Estou negativado, posso fazer um empréstimo pessoal?

Conseguir um empréstimo pessoal para negativado não é uma tarefa simples, mas é possível. A melhor alternativa é buscar as instituições que oferecem crédito, mesmo para quem está com o nome sujo. 

E essa comparação pode ser feita de forma online, livre de burocracia. Porém, fique atento! Algumas empresas concedem empréstimos com taxas mais elevadas para quem está nessa situação. 

Portanto, se este é o seu caso, uma boa opção de empréstimo pode ser o crédito consignado

Outra opção de empréstimo para quem tem nome sujo é aquele no qual você dá como garantia de pagamento um imóvel ou veículo próprio quitado. 

7- O que é Custo Efetivo Total (CET)?

Você sabe o que é Custo Efetivo Total (CET)? 

O CET mostra todos os encargos cobrados na transação. Muita gente olha apenas para os juros, mas esquece que existem outros custos envolvidos no pagamento do empréstimo. Entre eles está o IOF – Imposto Sobre Operações Financeiras e taxas para operações de crédito, para abertura de cadastro, seguros, entre outros.

Então, fica a dica: conheça o CET antes de fechar contrato! Saiba que ter acesso a essas informações é um direito assegurado pelo Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (IDEC).

8 – Quantidade de parcelas do empréstimo

Ao escolher o empréstimo e saber de todo o custo efetivo da transação, verifique se o valor de cada parcela vai mesmo caber no seu bolso. 

Uma dica para evitar passar por perrengue no futuro é não se comprometer com dívidas que ultrapassem 30% de sua renda mensal. 

Fique ligado agora que você já sabe como fazer empréstimo pessoal! Não peça empréstimo para correr o risco de ficar inadimplente. 

9- Em quanto tempo demora para sair o empréstimo?

O prazo para a receber empréstimo pessoal é de três a cinco dias úteis. Para o mercado, esse é um prazo considerado bem rápido!!

10- Empréstimo pessoal na hora 

Já para o crédito consignado, o tempo de liberação pode ser ainda menor. Pode acontecer no mesmo dia em que a solicitação foi feita.

11. Onde cai o empréstimo?

Bom, assim que o seu crédito é aprovado, você precisa ficar de olho na sua conta corrente. É lá que o valor do seu empréstimo será creditado.

E então, agora deu para entender como fazer empréstimo pessoal? Com todas essas dicas, ficou mais fácil entender como pedir um empréstimo pessoal e não se enrolar! 

 

Última atualização em 18/01/2021

 

Leave a Reply