Skip to main content

Limpeza de carro não é tudo igual. Confira os tipos de limpeza de carro que existem

Por 23 de março de 2021Mobilidade
tipos de limpeza de carro

Nada melhor do que andar em um carro limpo e mantê-lo como novo sempre, não é mesmo? Muito mais do que conservar o valor de revenda, cuidar da limpeza do seu carro é uma questão de higiene. Afinal, você passa algumas horas da semana dentro dele. Mas você conhece todos os tipos de limpeza de carro que existem?

Cotação online de Seguro Auto

Sujeira causa doenças

Interiores muito sujos são um ambiente perfeito para a proliferação de fungos, ácaros e bactérias. Além disso, podem causar problemas respiratórios como alergias, rinites, bronquites. Isso ocorre especialmente se o uso do ar condicionado for contínuo e com o modo de recirculação interna ativado.

Quais são os tipos de limpeza de carro?

Além disso, o carro é o cartão de visitas de profissionais de diversas áreas. Se estiver sujo e desleixado, vai passar uma péssima impressão para o cliente.

Para valorizar seu patrimônio e manter a saúde em dia, vamos falar sobre os tipos de limpeza de carro mais comuns no Brasil. Os preços médios variam entre R$ 15 e até R$ 10 mil, de acordo com o tipo de serviço contratado.

Lavagens automáticas

As populares máquinas de lavagem encontradas nos postos são uma tentação. Afinal, o custo da lavagem é baixo e você nem precisa descer do carro.

O problema é que os rolos que fazem a limpeza causam riscos no verniz e não conseguem limpar partes mais escondidas do carro. Além disso, se você dispensar a secagem, a água com cloro vai causar manchar na pintura e nos vidros. Fora que nem sempre é possível limpar o interior do carro. Custam a partir de R$ 15.

Lavagens à seco

As lavagens à seco se popularizaram durante a estiagem de 2014 e 2015. Nessa época, os reservatórios de água pelo Brasil quase esvaziaram e o abastecimento foi muito prejudicado. Além disso, a consciência ecológica das pessoas aumentou bastante na última década, o que acabou mantendo esse tipo de serviço vivo. Muito comuns nos estacionamentos de shoppings e mercados. Elas são uma boa opção enquanto você faz compras ou dá um passeio.

A lavagem à seco utiliza produtos com alto poder de limpeza na carroceria, rodas e caixas de rodas sem precisar de enxágue. Além de retirarem a sujeira, protegem a e realçam o brilho da pintura, pois contêm cera em sua composição. Não é recomendada para carro muito sujos ou com terra ou areia grudadas na carroceria. Uma lavagem à seco custa em média R$ 50 para um carro compacto, com limpeza interna incluída.

Lavagem simples com água

O mais popular e eficaz entre os tipos de limpeza de carro, utiliza água e sabão neutro. Quando feita com lavadoras de alta pressão, consegue retirar as sujeiras mais difíceis e encrustadas. 

O ideal é fazer uma pré-lavagem com um canhão de espuma para retirar as partículas maiores – e que causam riscos – antes de ensaboar a carroceria.

Para evitar manchas causadas pelo cloro, é muito importante que a carroceria seja completamente seca após a lavagem. Isso pode ser feito com uma toalha de microfibra específica para a secagem de veículos. Sacos de algodão convencionais são muito ásperos e causam riscos no verniz.

Normalmente, os lava-rápidos higienizam também o interior junto com a lavagem externa com água, com aspiração do carpete e dos bancos e limpeza de vidros, painel e tapetes. O preço de uma lavagem com água parte dos R$ 35.

Higienização do interior

Muitas vezes, o interior do carro está tão sujo que não é possível limpá-lo apenas uma lavagem simples. Mau cheiro, bancos, carpete e forro do teto encardidos e manchados, revestimentos plásticos ressecados podem ser limpos com uma higienização interna completa.

Este tipo de limpeza de carro é feito com a esfregação com escova de forma manual ou através de uma politriz. Em seguida, uma máquina extratora – que é um aspirador que espirra água com sabão específico e já aspira o líquido imundo na sequência – finaliza o processo de limpeza. 

Nos revestimentos em couro, uma escovação é feita para retirar a gordura e, após a secagem, é aplicado um hidratante. Uma higienização interna custa a partir de R$ 150.

Polimento

Quando a pintura está com muitos riscos superficiais e encardida, é recomendado fazer um polimento. Uma politriz equipada com uma boina de lã ou espuma que gira em alta velocidade espalha o composto polidor por todas as peças da carroceria. Isso retira uma fina camada do verniz e, consequentemente, os riscos. Seu preço médio parte de R$ 150.

Um bom polimento é dividido em quatro etapas. A primeira é a descontaminação com uma barra de limpeza, que retira sujeiras e partículas presas à pintura que não saem com a lavagem comum. 

Em seguida, já com a politriz vem a etapa de corte, onde boina e composto são mais abrasivos para a retirada dos riscos. Após o corte, a etapa de refino retira as marcas deixadas pela boina e, por fim, o lustro devolve o brilho ao verniz.

Cristalização e vitrificação

Após o polimento é aconselhável aplicar alguma proteção à pintura. A cristalização é feita manualmente com uma cera cristalizadora. Normalmente tem carnaúba em sua formulação, que aumenta o brilho e a repelência de água e sujeira. Uma cristalização sai por volta de R$ 200 a R$ 300.

Já a vitrificação utiliza um produto com óxido de silício (SiO2) em sua composição e aumenta a dureza e a resistência do verniz. Com isso, a pintura resiste mais a dejetos de pássaros e outros contaminantes causadores de manchas. 

Outras características são o brilho acentuado e a altíssima repelência à água e sujeira. Existem vitrificadores para um, três e cinco anos. Como o produto utilizado para a vitrificação é caro, o serviço não sai por menos de R$ 500 em um carro compacto.

Lavagem detalhada

A lavagem detalhada agrega todos os serviços anteriores, mas com muito mais precisão e atenção aos detalhes. Cada centímetro do carro é inspecionado e limpo, inclusive o motor e parte inferior. O detalhismo é tanto que retiram e limpam por dentro os para-choques, lanternas, logotipos, frisos, carpete, bancos e rodas. Fazem também o  polimento do escapamento.

As lavagens detalhadas são muito populares entre os donos de carros de luxo e superesportivos importados. 

Um carro de R$ 1 milhão deve ser mantido com aparência de zero quilômetro o tempo todo. Por isso, uma lavagem detalhada pode demorar 10 dias para ser finalizada e facilmente encosta no R$ 10 mil.

Quando lavar?

Agora que você já viu os tipos de limpeza de carro deve estar se perguntando sobre a melhor frequência para lavar.

A frequência ideal para fazer a lavagem de seu carro é a cada quinze dias. Caso não seja possível adotar este prazo, não deixe passar de um mês. É importante manter a cabine sempre limpa e retirar o lixo, bater os tapetes e passar um pano úmido no painel semanalmente. Assim, as chances de adoecer são bem menores.

Outra dica importante é retirar dejetos de pássaros da pintura assim que percebê-los. Muito ácidas, as fezes atacam o verniz imediatamente e causam manchas muitas vezes irreversíveis. Se você esquecer de tirar, podem até mesmo descascar a pintura. Deixe sempre um pacote de lenços umedecidos no porta-luvas para estas ocasiões. Colocar uma bola de papel higiênico encharcado sobre o dejeto por alguns minutos ajuda a amolecê-lo e facilita a remoção.

 

Última atualização em 23/03/2021

Deixe uma resposta