Skip to main content

Quais são as motos mais leves do mercado?

Por 25 de outubro de 2022Mobilidade
moto leve

Para os motociclistas que estão começando e para pessoas de baixa estatura, nada melhor do que uma moto leve. Além do menor peso na hora de parar, as motocicletas mais leves são mais ágeis no trânsito urbano, o que é uma grande vantagem para quem ainda não tem experiência.

Outra vantagem de ter uma moto leve é gastar menos com combustível, afinal quanto menos peso, mais econômica a motocicleta é. Entre modelos naked mais potentes, scooters e motocicletas de entrada, separamos os 10 modelos mais leves disponíveis hoje no mercado brasileiro. Confira!

Cotação online de Seguro Moto

Moto leve boa para você

BMW G 310 R – 164 quilos

A G 310 R é a menor moto da BMW no Brasil. Com estilo naked e motor de 313 cm³, tem 34 cv de potência e 2,9 kgfm de torque máximo, o que lhe dá enorme agilidade na condução urbana e boa desenvoltura na estrada.

KTM Duke 390 – 135 quilos

A KTM Duke é a grande rival da G 310 R entre as nakeds de pequeno porte. Com 29 quilos a menos, conta com motor de 390 cm³ dotado de 44 cv de potência e 3,7 kgfm de torque máximo. Portanto, é ainda mais esperta do que o modelo da BMW.

Dafra Cityclass 200i – 135 quilos

O scooter da Dafra é uma boa opção para quem está começando e que vai pegar estradas esporadicamente. Isso porque tem motor de 200 cm³ com 13,8 cv de potência e 1,41 kgfm de torque e câmbio automático CVT.

Honda PCX 150 – 125 quilos

O PCX 150 tem o mesmo conceito do Cityclass 200i da Dafra: scooter com câmbio CVT, potência de 13,1 cv e torque máximo de 1,36 kgfm fornecidos pelo motor de 150 cm³ . Apesar de sua praia ser a cidade, aceita algumas aventuras rodoviárias curtas.

Honda CG 160 Titan – 121 quilos

A Titan é hoje a moto mais vendida do Brasil e ferramenta de trabalho de quase todos os motoqueiros de aplicativos de entrega. Mérito do motor de 162,7 cm³, com 15,1 cv de potência e 1,54 kgfm de torque máximo. A CG vai muito bem na cidade e encara estradas sem medo.

Honda CG 160 Start – 121 quilos

A CG 160 Start é a irmã gêmea da Titan que não passou pelo salão de beleza. Com rodas de aço e sem freios a disco na dianteira, custa menos e é ainda mais voltada para o trabalho. O conjunto motriz, contudo, é o mesmo da Titan.

Yamaha YS 150 Fazer – 117 quilos

A Yamaha sempre teve rivais para a CG, mas nunca obteve o mesmo sucesso da Honda. A bola da vez é a YS 150 Fazer, que tem motor de 150 cm³, com 12,3 cv de potência e 1,28 kgfm de torque máximo.

Honda Biz 110i – 97 quilos

A Biz é uma mistura de scooter com motocicleta e tem motor de 109,1 cm³, com 7,9 cv de potência e 0,9 kgfm de torque máximo. Seu câmbio de quatro velocidades tem embreagem automática, bastando apenas trocar as marchas no pedal. Além de ser uma moto leve, a Biz tem apenas 1,08 metros de altura, o que facilita ainda mais o uso.

Yamaha Neo 125 – 96 quilos

Com motor de 125 cm³ de 9,8 cv de potência e 0,98 kgfm de torque máximo e câmbio CVT, o scooter Neo é uma boa opção de moto leve para os motociclistas iniciantes. Baixo como a Biz (o Neo tem 1,07 metros de altura), também é recomendado para pessoas de baixa estatura.

Honda Pop 110i – 87 quilos

A Honda Pop 110i é a peso pena da lista de moto leve. Com motor igual ao da irmã Biz – 109 cm³, 7,9 cv de potência e 0,9 kgfm de torque máximo -, é ainda mais baixa que a Neo 125 e a Biz 110: tem 1,03 metros de altura. Seu câmbio de quatro marchas, porém, tem embreagem convencional com acionamento por manete.

Cotação online de Seguro Moto

Última atualização em 25/10/2022

 

Deixe uma resposta