Skip to main content

É possível contratar seguro de vida para pais?

Por 27 de fevereiro de 2023Vida e Saúde
imagem de idosos para texto sobre como proteger idosos do coronavírus

Contar com um seguro de vida para garantir a tranquilidade financeira de quem amamos é uma decisão que traz conforto e segurança. Afinal, toda proteção dedicada às pessoas que serão beneficiadas é mais do que bem-vinda. Por isso, cada vez mais o seguro de vida é contratado para amparar cônjuge e filhos. Mas será que é possível contratar seguro de vida  para pais?

Trata-se de uma prática que pode ser feita, sim, embora algumas seguradoras adotem medidas de segurança para que a contratação do seguro de vida para pais ocorra sem problemas.

Há empresas que, por exemplo, aceitam fazer o seguro de vida para pais somente com a presença de um responsável legal ou do próprio titular durante o ato da contratação do produto.

Mas há outro cenário que as seguradoras sugerem para que os pais sejam beneficiados: que eles próprios deem início, pessoalmente, ao processo de aquisição do seguro de vida, não dependendo da contratação feita por um filho.

Essa precaução em relação à contratação do seguro para terceiro, neste caso, de um filho contratar o seguro de vida para os pais, tem uma razão principal: a segurança.

São inúmeros os casos de tentativas de fraudar os processos de aplicação para a cobertura do seguro para pais e mesmo durante a etapa de recebimento da indenização.

Diante de casos assim, há seguradoras que só permitem a contratação do seguro de vida para terceiros mediante condições específicas mesmo.

Cotação online de Seguro de Vida

Garantindo o seguro para pais

Mesmo a contratação de um seguro de vida para pais ser possível, já foi dito que as seguradoras têm certas precauções que acabam tornando o processo mais detalhado e trabalhoso.

O que ainda não foi dito é que há seguradoras que simplesmente proíbem a possibilidade de contratação de seguro de vida para terceiros. Porém, colocam à disposição do cliente outros caminhos para que a proteção que esse produto oferece seja garantida.

A mais corriqueira é orientar o filho a fazer um seguro de vida colocando os pais como beneficiários da sua própria apólice.

A outra possibilidade, que já foi mencionada, é orientar os pais a contratarem o próprio seguro – vale destacar aqui a necessidade de os pais contarem com todo o auxílio durante o processo.

Também é importante reforçar que, nesse caso, são os próprios pais que devem requisitar e realizar o processo de contratação do seguro de vida, como titulares da apólice. É também o próprio segurado que irá indicar os beneficiários que receberão o valor da indenização contratada.

Como escolher o seguro de vida dos pais

É importante pensar em vários aspectos ao escolher uma apólice de seguro de vida para os pais.

A primeira é mostrar interesse segurável à empresa que oferece a apólice. Para isso, é preciso mostrar algum tipo de perda financeira que ocorreria caso os pais venham a falecer. Isso porque não é possível segurar algo que não tenha uma receita financeira negativa quando os pais se forem.

Outra consideração imprescindível se refere à quantidade de cobertura. É preciso pensar em despesas futuras. Quando a meta é simplesmente cobrir o custo dos preparativos para o funeral, uma cobertura de, por exemplo, R$ 10.000 pode ser suficiente. Mas quando se considera despesas médicas por causa da saúde precária dos pais, uma apólice de seguro maior pode ser mais indicada.

Outros aspectos que para chegar ao o valor são: renda de aposentadoria dos pais, seus ativos disponíveis e sua dívida atual.

Custo do seguro de vida

O custo do seguro de vida para os pais vai depender do tipo de apólice escolhida, da idade dos pais e da quantidade de cobertura.

Mas garantir a cobertura para os pais ou aconselhá-los a tê-la é uma estratégia financeira válida para evitar que algo inesperado tenha um impacto ainda maior e coloque planos e sonhos em risco.

&n

Cotação online de Seguro de Vida

Última atualização em 27/02/2023

Deixe uma resposta