Skip to main content

Como negociar sua conta de celular para pagar menos?

Por 28 de outubro de 2020setembro 21st, 2021Finanças

Como anda a relação com o seu celular? Você é daqueles que não larga o aparelho nem por um minuto ou consegue passar horas sem estar conectado? Seja qual for o nível de dependência de seu smartphone, com certeza, uma coisa todo mundo quer saber: como gastar menos e negociar conta do celular. 

Mas, o que fazer para pagar menos e usar mais serviços todos os meses? Como negociar a conta? Será que vale a pena trocar de operadora?

Se liga aqui nessas 7 dicas práticas que separamos para ajudar você a pagar menos na conta de celular. Aprenda a negociar sua conta e fique esperto para economizar sempre!

Solicitar Empréstimo Pessoal

Conta do celular: você sabe quanto está pagando?

Se você é um daqueles consumidores desatentos, PARE AGORA! 

Os gastos com celular podem estar comprometendo uma boa parte do seu salário (sem você perceber). Quando foi a última vez que você deu uma olhada na fatura do seu smartphone para tentar negociar conta de celular? 

Hoje em dia, é muito comum deixar as contas de gastos fixos em débito automático. Assim, mês a mês o valor vai sendo debitado sem muito esforço para quem está pagando.

Mas, aí é que mora o perigo: nos detalhes da conta. 

Às vezes, um serviço pode estar incluído no pacote, sem você saber. E pior: você está pagando por ele sem usar! 

As operadoras de telefonia são obrigadas a fazer um detalhamento completo das faturas. Este é um direito do consumidor. Mas, nem sempre as informações são compreendidas facilmente. 

Na dúvida? É melhor entrar em contato com a operadora para entender o que está sendo cobrado na conta. Assim, você fica mais tranquilo para entender o que está pagando e pode avaliar se vale a pena continuar a pagar. Simples assim 😉

É importante saber quanto você paga por mês na conta de celular

Nos últimos anos, o brasileiro passou a gastar mais com o celular (será que você é uma dessas pessoas?).

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), entre os anos de 2009 e 2018, o gasto com planos de assinatura de TV, telefone e internet quase que dobraram no país

No ano da pesquisa, os brasileiros gastavam uma média de R$ 50,41 com serviços digitais. Os gastos com despesas correntes (como moradia, transporte, educação e consumo) representavam uma fatia bastante grande dos salários, chegando a 92,7% das despesas médias das famílias. 

Além disso, os gastos com novos serviços de telefonia foi maior entre as pessoas que ganhavam até dois salários mínimos. Só que para quem está nesta faixa de rendimento, o peso dos pacotes de telefonia e internet tem impacto cinco vezes maior no orçamento. 

Viu só porque é importante saber direitinho o que você está pagando na sua conta de celular?

+ Como sobrar dinheiro no fim do mês

Brasileiro é apaixonado por celular

E pode acreditar que o potencial de consumo de nós, brasileiros, com relação a pacotes de celular só tende a crescer. Isso quem descobriu foi uma pesquisa realizada pela consultoria Oliver Wyman

O levantamento, divulgado em 2019, apontou que a maioria dos consumidores afirmou que estariam dispostos a cortar despesas com alimentação fora de casa, com a compra de roupas e com a academia para poderem gastar mais com celular e operadoras. 

A justificativa de quem respondeu a pesquisa é que os smartphones funcionam como uma ferramenta essencial para suas atividades: do momento em que acordam até a hora em que vão dormir. 

Isso é que ter paixão pelo celular, não é mesmo?

+ Saiba como acompanhar o seu orçamento doméstico para sair da crise.  

+Precisou de dinheiro extra? Entenda como funciona o crédito consignado

Conheça seu perfil de consumo de smartphone

Você usa mais internet ou precisa ter mais acesso a ligações? 

Saber responder a isso é essencial para conhecer o seu padrão de consumo de celular.

Além disso, pense se você não está contratando um pacote mais completo do que precisa. Se você faz uso da internet Wi-Fi na maior parte do tempo, não precisa gastar muito com pacote de dados. 

Cada um é quem sabe de sua rotina. Entenda o que você (realmente) precisa no dia dia para desenvolver suas atividades. Compreenda para que você mais usa o celular, os lugares que costuma frequentar…

Isso vai lhe ajudar muito a saber negociar e a economizar na conta do seu celular. 

+ Veja 6 dicas para economizar no orçamento familiar

Qual plano de celular é mais barato? Como encontrar?

Quem quer negociar conta de celular precisa ficar de olho nos valores das outras operadoras de telefonia. Essa prática é até comum: afinal quem nunca deu uma pesquisada nos preços dos pacotes da concorrência?

Só que antes, fazer isso dava um pouco de trabalho, porque era preciso entrar no site de cada operadora. 

Mas agora, comparar os preços ficou mais fácil com o lançamento do “Anatel Comparador”, um aplicativo disponível para iOS e Android, lançado pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). 

Vale lembrar que o aplicativo é gratuito. Nele, é possível obter informações sobre outros serviços como telefonia fixa, banda larga fixa e TV por assinatura, que são oferecidos em diversas regiões.

Dá para pesquisar aplicando diversos filtros, considerando diferentes padrões de pesquisa: como preço, franquia, aplicativos incluídos na oferta, tecnologia, entre outros. 

O aplicativo permite fazer a comparação ao mesmo tempo de até três serviços diferentes. As informações acessadas são fornecidas e atualizadas pelas própria prestadoras dos serviços.

Como negociar conta de celular com a operadora?

Depois de comparar os preços, chegou a hora de ligar para a sua operadora para negociar conta de celular. Se você percebeu que está pagando mais caro com os seus serviços atuais, vale a pena pechinchar!

Ao fazer uma pesquisa na internet, é comum encontrar ofertas de anúncios que prometem pacotes mais vantajosos para quem quer trocar de operadora. 

Atenção máxima! Cuidado para não entrar em sites maliciosos, que não tenham ligação com as operadoras. 

Um dos caminhos mais seguros para quem quer pagar menos na conta do celular é ligar nos canais oficiais de atendimento. verifique opções de ofertas mais vantajosas ao seu plano atual. 

Para iniciar a negociação, vale a pena mencionar que você encontrou promoções mais atrativas na concorrência (se esse for mesmo o caso). 

Não desista da negociação se não quiser perder o menor preço

Uma dica de ouro é ter paciência! Pode ser que ao ligar na sua operadora, você não consiga obter o desconto esperado logo de imediato. 

Mas, vale a pena tentar novamente em dias e horas diferentes e, até mesmo, em canais e números de telefone variados. 

Isso porque, às vezes, o primeiro atendente que conversou com você pode ter acesso limitado às informações. Por isso, é importante continuar a negociação com outros departamentos. 

Outra coisa que pode fazer a diferença é avaliar a vantagem de adquirir os pacotes família. Isso pode baratear os custos. 

+ Se você está endividado, saiba qual conta você deve pagar primeiro

 E se você não conseguir negociar o melhor plano?

Se todos os esforços para comparar o melhor preço não te ajudarem a economizar na conta do celular, você pode fazer a portabilidade do seu número de telefone para outra operadora.  

Afinal, em alguns casos fazer essa migração pode valer a pena quando a oferta da concorrência é muito mais vantajosa.

Para quem não sabe, quem deseja mudar de operadora tem direito por Lei a manter o mesmo número. Isso se chama “portabilidade numérica”.

Essa facilidade elimina a dor de cabeça de ter que ficar avisando todos os seus conhecidos de que seu telefone mudou. Fique ligado!

7 Dicas para negociar conta do celular e pagar mais barato

Como vimos, é possível pagar menos na conta do celular. Você só precisa se atentar a alguns detalhes!

Para te ajudar a encontrar os melhores planos, anote agora essas dicas:

  1. Entenda bem os detalhes de sua conta de celular. Fique de olho na fatura!
  2. Conheça o seu perfil de consumo: quantos minutos de ligação; tamanho do pacote de dados de internet, etc…
  3. Saiba exatamente o que está pagando;
  4. Compare preços e pacotes em outras operadoras: para isso, conte com a ajuda de aplicativos;
  5. Faça contato com sua operadora para negociar melhores tarifas;
  6. Insista! Nem sempre os melhores planos são apresentados logo no primeiro contato;
  7. Se não conseguir receber uma proposta mais vantajosa, considere fazer a portabilidade do seu número.

Agora é com você!

Fique de olho nos seus gastos e aprenda a economizar sempre!

+ Sobrou uma graninha? Veja essa dicas para quem quer começar a investir

 

Última atualização em 28/10/2020