Skip to main content

Quais são as motos mais baratas 2024?

Por 9 de maio de 2024Mobilidade
seguro moto vale a pena motos mais baratas 2024

O segmento de duas rodas promete mais um ano de recorde de vendas. Depois de um 2023 excelente, o mercado brasileiro de motocicletas começou este ano com números ainda mais positivos. Nos quatro primeiros de 2024, foram emplacadas 602.534 unidades, um robusto crescimento de 26% em relação ao mesmo período do último ano. Com as vendas em alta, separamos as dez motos mais baratas 2024.

Cotação online de Seguro Moto

Motos mais baratas 2024

1º – Shineray Worker 125

Por R$ 8,5 mil, a moto mais barata de 2024 é a Shineray Worker 125, que é um modelo voltado para o trabalho com motor de 123,67 cm³ com 7,2 cv de potência, 0,80 kgfm de torque máximo, câmbio de quatro marchas, freio dianteiro a disco e partida elétrica.

2º – Shineray Worker Cross 150

A Shineray Worker Cross tem uma proposta semelhante à da Worker 125, porém tem motor de 144,8 cm³, 8,5 cv, 1,02 kgfm e traz para-lama dianteiro dividido em dois e pintura branca com banco vermelho. Custa R$ 9 mil e é a segunda entre as motos mais baratas 2024.

3º – Shineray Jet 125 SS

A Shineray JET 125 SS dispensa o manete de embreagem e usa o mesmo motor da Worker 125. Entre os itens de série para disputar o segmento da Honda Biz, rodas de liga leve e partida elétrica, além de um painel de instrumentos digital. Tudo isso sai por R$ 9,4 mil.

4º – Honda Pop 110i ES

Por R$ 300 a mais que a Shineray JET 125 SS, a Honda mais barata é a Pop 110i ES. Na linha 2025 ganhou partida elétrica, um novo motor de 109,5 cm³, 8,43 cv, 0,945 kgfm e câmbio semi-automático como o da Biz, além de poluir menos e fazer mais de 49 km/l. Está na quarta posição entre as motos mais baratas 2024.

5º – Shineray Rio 125 EFI

Por R$ 10,7 mil e com motor de 123,67 cm³, 8 cv, 0,90 kgfm, a Rio 125 se tornou a moto mais barata da marca equipada com injeção eletrônica. Tem câmbio de quatro marchas, embreagem automática, freio a disco na dianteira, tambor na traseira e partida elétrica.

6º – Shineray Jet 125 SS EFI

A sexta moto mais barata, tabelada a R$ 11,1 mil, é a mesma que a terceira, porém com injeção eletrônica no lugar do carburador. A Shineray Jett 125 SS EFI foi lançada em setembro de 2023.

7º – Honda Biz 110i

A Biz 110i custa R$ 11,8 mil e é praticamente a mesma moto que a sua irmã ES. Entre os diferenciais que justificam os R$ 2,1 mil a mais estão o marcador de combustível, cavalete central, partida elétrica e tomada 12V sob o assento.

8º – Yamaha NEO 125

A Yamaha NEO 125 custa R$ 12,5 mil e é o scooter mais barato do Brasil. Com 125 cm³, 9,8 cv, 1,0 kgfm, câmbio automático CVT, disco na dianteira, tambor na traseira e partida elétrica, traz faróis de LED, e rodas de 14 polegadas.

9º – Honda Elite 125

A Honda Elite 125 sai por R$ 12,6 mil e tem conjunto parecido com o scooter rival Yamaha NEO: motor de 124,9 cm³, 9,34 cv, 1,05 kgfm, câmbio automático CVT, disco na dianteira, tambor na traseira, partida elétrica e faróis de LED.

10º – Shineray JEF 150S

Pelos mesmos R$ 12,6 mil da Elite, a Shineray JEF 150S mira a Honda CG e tem motor de  150 cm³, 10,3 cv, 1,4 kgfm, câmbio de cinco marchas, disco na dianteira, tambor na traseira

partida elétrica e pedal, rodas de liga leve e o uso de lâmpadas de LED nos piscas e na lanterna. É a décima colocada no ranking das motos mais baratas 2024.

A queridinha dos brasileiros

Longe de ser a mais barata do Brasil (custa a partir de R$ 14,4 mi na versão de entrada Startl), a Honda CG 160 é disparada a mais vendida do mercado brasileiro. Só neste ano,145.266 unidades já foram emplacadas, o que representa quase 60% do segmento das motocicletas de entrada. Seu motor tem 162,7 cm³, 14,9 cv e 1,40 kgfm.

Cotação online de Seguro Moto

Última atualização: 09/05/2024

Deixe uma resposta