Skip to main content

Existe o melhor momento para fazer um seguro de vida?

Por 9 de março de 2023Vida e Saúde
seguro de vida familiar

O seguro de vida é um produto que em algum momento as pessoas pensam em ter, mas que também é alvo de uma série de dúvidas. Um dos questionamentos mais comuns é: existe um momento ideal na nossa vida para começar a pensar em um seguro de vida? Há um melhor momento de fazer seguro de vida?

Para ir logo ao ponto central da questão, de acordo com os especialistas do mercado, o melhor momento de fazer seguro de vida é hoje, pois quanto antes acontecer a contratação, melhor será.

Isso também significa que quanto mais nova for a pessoa, mais acessível o seguro de vida, pois o valor ficará mais em conta.

Apesar dessa ressalva, vale pensar na possibilidade de contar com o seguro de vida o quanto antes (e isso vale para todos, até mesmo para pessoas com mais idade), já que estamos falando de um produto que é indicado sem restrições e poderá ter fundamental parcela de contribuição em qualquer fase da vida dos beneficiários.

Afinal, contar com esse tipo de seguro significa ter ainda mais segurança e também um bom planejamento financeiro – sim, o seguro de vida também pode ser considerado um investimento.

Cotação online de Seguro de Vida

O seguro de vida nas mais diversas situações

Além de saber que o melhor momento de fazer seguro de vida é sempre o “agora”. Ou seja, o quanto antes, é válido entender também que é um produto que pode ser usado em vida pelo segurado, diferente do que a maioria das pessoas pensa.

É verdade que muitos consumidores contratam o seguro de vida para que possam garantir a segurança financeira dos dependentes em virtude de algum episódio inesperado como, por exemplo, o falecimento do segurado, principalmente quando é o provedor da família.

Mas o seguro de vida não cobre apenas casos de morte. O produto pode ser usado quando o segurado está vivo, mas enfrentando condições que o impeçam de trabalhar, como acidentes e doenças graves, o que inclui situações de invalidez permanente.

Em casos assim, o segurado escolhe as coberturas de acordo com as suas necessidades e, como de praxe, indica os beneficiários que terão o direito de receber a indenização.

Dessa forma, a estabilidade financeira permanecerá para quem estiver na apólice do seguro, auxiliando os dependentes e contribuindo para a proteção do padrão de vida dessas pessoas – familiares ou não.

Outras vantagens do seguro de vida

As apólices do seguro de vida podem conter outros benefícios de proteção financeira, com as coberturas adicionais, que incluem diagnósticos de doenças graves, internações hospitalares, custos de inventário etc.

Outras vantagens do produto é que o valor pago por ele pode ser debitado do Imposto de Renda e os beneficiários podem ser diversos. Sim! Não importa se são parentes e herdeiros do segurado ou não. É possível indicar amigos, funcionários, enfim, quem o segurado desejar beneficiar.

Seguro de vida é investimento?

O seguro de vida pode ser considerado como um investimento quando, por exemplo, uma pessoa faz a contratação do produto com a cobertura contra doenças graves.

Isso porque o segurado, nessa situação, também será o beneficiário e poderá contar com a indenização para pagar o tratamento.

Diante de um contexto assim, o seguro de vida pode sim ser um investimento, já que trará a segurança e a garantia que o segurado precisa – e espera – para pagar despesas relevantes em momentos difíceis. POrtanto, o sempre é um bom momento de fazer seguro de vida.

Para saber mais dos produtos que estão no mercado, assim como fazer uma cotação simples e rápida, acesse aqui e avalia as opções de seguro de vida que a Bidu apresenta de um jeito descomplicado para você!

Cotação online de Seguro de Vida

Última atualização em 09/03/2023

Deixe uma resposta