Skip to main content

O que é cobertura por sobrevivência no Seguro de Vida?

Por 1 de março de 2021Vida e Saúde
cobertura por sobrevivência

Você já ouviu falar de cobertura por sobrevivência? No seguro de vida, ela pode minimizar os impactos nos ganhos financeiros. Alguns dos casos em que isso pode acontecer são doenças, perdas repentinas de rendimento e até para dar uma ajuda após a aposentadoria.

Portanto, esqueça aquele velho conceito de que pensar em seguro de vida é a mesma coisa que esperar que o pior aconteça. Afinal, ele pode lhe proporcionar inúmeros benefícios em vida! 

Com ele, você pode contar com amparo financeiro. Além disso, pode oferecer mais segurança aos seus beneficiários em diversas situações. 

Entenda melhor como isso funciona no seguro de vida. Conheça a cobertura por sobrevivência!

Cotação online de Seguro de Vida

O que é cobertura por sobrevivência no Seguro de Vida?

A cobertura por sobrevivência é aquela que garante o pagamento do capital entre o segurado (quem contrata o seguro) e a seguradora, durante um certo período de tempo. 

Assim, o objetivo da cobertura por sobrevivência é minimizar o impacto de ordem financeira em casos como:

  • Doenças inesperadas;
  • Perda de rendimento;
  • Redução dos vencimentos na terceira idade, após aposentadoria.

Quem pode receber a cobertura por sobrevivência?

A cobertura por sobrevivência pode ser paga ao próprio segurado. Ou então a seus beneficiários (pessoas indicadas por ele) no caso em que haja o seu falecimento durante o período em que o seguro esteja vigente.

Esse período de vigência é chamado de “período de diferimento”. Ele é compreendido entre a data em que o plano começa a valer e a data prevista em contrato para o pagamento do capital segurado para essa cobertura específica. 

Portanto, para não haver dúvidas, todos esses detalhes são previamente estabelecidos na apólice do seguro.

Como receber Seguro de Vida com cobertura por sobrevivência?

Antes de fechar a contratação do seguro, todos os detalhes sobre as coberturas são acordadas previamente. Por isso, é preciso ter total atenção para entender todas as possibilidades. 

No caso da cobertura por sobrevivência, de acordo com a Superintendência de Seguros Privados (Susep), as seguradoras podem propor o pagamento da cobertura das seguintes formas: 

  • Pagamento único – O segurado recebe, de uma única vez, todo o capital acordado;
  • Renda mensal vitalícia – O segurado recebe uma renda até o dia de seu falecimento;
  • Renda mensal temporária – É paga temporariamente e pode cessar assim que o segurado falecer ou quando o período de cobertura contratado terminar;
  • Vitalícia com prazo mínimo garantido – Garante aos beneficiários uma renda vitalícia dentro do prazo mínimo acordado;
  • Vitalícia reversível ao beneficiário indicado –  Garante o pagamento de renda vitalícia ao segurado-assistido. É possível revertê-la, também de forma vitalícia, ao beneficiário indicado quando o segurado falecer;
  • Renda mensal vitalícia reversível ao cônjuge com continuidade aos menores – O pagamento é feito de renda vitalícia ao segurado-assistido. É possível revertê-la, também de forma vitalícia, ao cônjuge.
    Essa modalidade também permite reverter o pagamento, temporariamente, ao(s) menor(es) até que completem uma idade para maioridade;
  • Renda mensal por prazo certo – O pagamento de uma renda mensal é feito por um prazo pré-estabelecido.

+ Os filhos têm direito ao seguro de vida?

Como é o reajuste da renda no seguro por cobertura por sobrevivência?

Os valores pagos no seguro de vida por sobrevivência são reajustados anualmente. Portanto, para os contratos firmados após 01/01/1997, calcula-se o reajuste anualmente de acordo com o indexador combinado no regulamento. 

Para os contratos firmados antes de 01/01/1997, vale o previsto no regulamento do plano aprovado pela Susep.

+ Saiba como declarar seu seguro de vida no imposto de renda

Seguro de Vida para viver melhor? Sim!

Saiba que, hoje em dia, pensar em seguro de vida é a mesma coisa que se preparar para viver melhor. Isso porque existem muitas coberturas úteis para o próprio segurado. Você pode aproveitá-las em vida. 

Antigamente, existia um velho conceito de que um seguro de vida oferecia, exclusivamente, a garantia de deixar uma boa indenização para os familiares depois de sua morte. Mas, agora, esse pensamento já é coisa do passado! 

Quais coberturas do Seguro de Vida servem para a proteção do próprio beneficiário?

Algumas coberturas do seguro de vida que beneficiam o próprio segurado são:

Conheça todos os tipos de Seguro de Vida!

O seguro de vida não existe somente para oferecer cobertura financeira em caso de morte acidental ou natural. Há diferentes tipos de vantagens e coberturas adicionais, que você, como segurado, pode utilizar em vida!

Assim, essas coberturas proporcionam tranquilidade e proteção para você e a sua família. 

Portanto, cada uma delas pode se encaixar no seu perfil e no seu objetivo de investimento. 

Então veja alguns tipos de seguro de vida:

  • Resgatável – Permite fazer o resgate parcial do valor investido. Isso ocorre após o período de carência, que dura, em média, dois anos;
  • Seguro de vida temporário Tem cobertura por um tempo determinado. Ele é indicado para quem quer reforçar o acúmulo de patrimônio durante um período específico;
  • Seguro para acidentes pessoais – Modalidade indicada para quem possui trabalhos de risco. Ele é mais voltado para causas de invalidez. 

É fácil contratar Seguro de Vida!

Sabia que dá para contratar seguro de vida de forma online, sem sair de casa? Faça uma simulação do produto e aguarde o resultado sem precisar sair de casa. 

Basta acionar plataformas e empresas sólidas e reconhecidas. Elas podem entregar uma cotação de imediato ou lhe colocar em contato com um representante da seguradora.

Para isso,  conte com a Bidu, que pode lhe ajudar a encontrar diversos tipos de seguros, incluindo o seguro de vida. Tudo de um jeito descomplicado e acessível para o bolso!

 

Última atualização em 01/03/2021

 

Deixe uma resposta