Skip to main content

Aprenda como fazer chupeta de carro

Por 15 de junho de 2015janeiro 9th, 2023Mobilidade
Como fazer chupeta de carro

Você chega no carro depois do trabalho, vai dar a partida e… tic! Nada acontece. Renta mais uma vez e percebe que a bateria do carro está descarregada. Em um rápido exercício de memória, lembra-se que acendeu a luz interna para procurar o celular e esqueceu de apagar. Não resta outra alternativa a não ser fazer uma chupeta, também conhecida como ponte ou carga rápida.

A primeira opção para quem tem seguro é ligar na Assistência 24 Horas da seguradora, que envia um socorro eletromecânico de moto e resolve o problema sem custos. Entretanto, muitas vezes não há como esperar a chegada do profissional e a solução mais rápida é usar um cabo ligado à bateria (carregada) de outro carro.

 

Cotação online de Seguro Auto

Simples e rápido

O processo é bem simples nessas situações. Os cabos de bateria são divididos em dois fios – um vermelho e outro preto – com presilhas com garras em cada ponta. O processo é simples e muito rápido. Confira o passo a passo:

  1. Estacione o carro com a bateria carregada de frente para o carro que precisa do socorro e abra os capôs de ambos;
  2. Localize as baterias e retire a capa se for o caso;
  3. Conecte a extremidade vermelha do cabo (positiva) no terminal positivo da bateria morta e faça o mesmo com a bateria carregada;
  4. Depois, conecte a extremidade preta (negativa) do cabo aos terminais negativos de ambas as baterias;
  5. Dê partida primeiro no carro que está com a bateria cheia e, em seguida, ligue o carro que está com a bateria arriada;
  6. Certas vezes é preciso aguardar um ou dois minutos para que a bateria carregada passe energia suficiente para a descarregada dar partida;
  7. Depois que a partida ocorrer, a bateria vai recarregar completamente somente após uns 15 minutos de utilização do carro. Para recarregar, o carro utiliza o alternador – um componente responsável em transformar a força motora em energia elétrica para a bateria, carregando a mesma e alimentando o sistema elétrico com o motor em funcionamento
  8. Em alguns modelos de carros mais modernos, existe um bloqueio de segurança para preservar o sistema elétrico e nem sempre a chupeta funciona. Isso ocorre porque a corrente passada pelo cabo pode ter picos de energia que afetam o funcionamento de componentes sensíveis. Nesses casos será preciso chamar a Assistência 24 horas.

Por que “chupeta”?

O termo nada mais é do que uma alusão ao processo que ocorre na passagem de carga de uma bateria para outra. É chamado assim pois a bateria que morreu “chupa” a carga de outra bateria.

Como funciona uma bateria de carro?

O carro precisa não apenas de combustível para funcionar, mas também de energia elétrica. Isso vai desde a partida até a utilização do seu rádio ou navegador GPS, iluminação e demais dispositivos elétricos – cada vez mais presentes e em maior quantidade nos carros modernos.

Como qualquer bateria, que são formadas por várias pilhas ligadas em série ou em paralelo, a do carro não poderia ser diferente. Dentro dela, seis pilhas – ou células eletroquímicas, dependendo da bateria – são formadas por diversos compostos químicos que, após reagirem entre si, produzem energia elétrica.

Cuidados com a bateria do carro

As baterias podem ser recarregadas ou trocadas quando não há mais utilização. Para prolongar esse tempo de vida, no entanto, é importante se atentar a alguns pontos:

  • A bateria veicular puxa energia mesmo quando o carro está desligado. Rádio e alarmes, dependendo do tipo, podem utilizar energia da bateria até quando o carro não está sendo utilizado. Portanto, vale a pena ficar atento antes de comprar itens eletrônicos para seu carro;
  • Usa o carro esporadicamente ou deixa ele hibernando por um tempo? Sua bateria pode estar indo embora mesmo assim. É importante, caso não vá utilizar o carro por um tempo, desligar os terminais dos cabos das baterias, evitando assim uma descarga precoce da mesma;
  • Falando em terminais da bateria, é importante que você sempre verifique se eles estão sujos ou corroídos. Para limpá-los, basta uma esponja de aço e água (e lembrar de fazer isso com o carro DESLIGADO hein!).
  • Uma bateria de carro pode durar de dois a três anos mas, se não houver o devido cuidado, esse tempo de vida pode ser reduzido pela metade;
  • Se a bateria começar a descarregar com frequência é sinal de que sua vida útil chegou ao fim

Realizar o processo para recarregar a bateria é mais simples do que você pensa. Mas não esqueça: faça uma revisão no carro constantemente e verifique sempre se os itens eletrônicos estão desligados ao sair do carro.