Skip to main content

Mudanças que podem ser feitas no Seguro de Vida

Por 18 de março de 2021setembro 21st, 2021Vida e Saúde
transferir seguro de vida

Uma dúvida muito comum entre as pessoas interessadas em obter informações sobre seguro de vida faz referência a duas situações:

  • É possível mudar os beneficiários do seguro de vida?
  • É possível mudar de seguradora? Transferir seguro de vida?

Afinal, o que pode ou não? Vamos aqui falar sobre algumas dessas principais dúvidas sobre seguro de vida.

Cotação online de Seguro de Vida

Mudança de beneficiários

A resposta é sim para a primeira dúvida. O segurado pode mudar os beneficiários sempre que quiser fazer isso.

Aliás, o seguro de vida permite ampla liberdade para o segurado desde o momento da contratação do serviço. Isso ocorre pois o produto pode beneficiar quem o segurado desejar, mesmo que não seja um familiar.

Outra característica do seguro de vida é a possibilidade que o segurado tem de incluir quantas pessoas quiser. Não há um número limite. Porém, o segurado tem que registrar isso. Quando esse documento não apresenta nenhum beneficiário, a indenização é automaticamente paga ao(s) beneficiário(s) determinados pela lei.

Os especialistas costumam sugerir aos segurados que revejam sempre a lista de nomes para avaliação de possíveis alterações.

Essa recomendação se dá em virtude das mudanças na própria vida do segurado como, por exemplo, o nascimento de um filho.

É válido informar ainda que o seguro de vida permite a alteração na lista de beneficiários a qualquer momento. Você pode fazer isso quantas vezes quiser. Não há necessidade de justificar ou fundamentar as escolhas. Porém, o segurado tem que estar em posse de todas as suas faculdades mentais.

Posso transferir Seguro de Vida, mudando de seguradora?

Transferir seguro de vida não é possível. Porém, dá para mudar de seguradora com uma certa burocracia. Por isso, o caminho mais fácil, escolhido por muitos, conta com a ajuda de um corretor.

Mas o primeiro passo para quem deseja transferir seguro de vida é solicitar um endosso para cancelar o seguro. Sim, para mudar de seguradora é preciso cancelar o seguro que a pessoa tem. 

Assim, quando você contrata um seguro de vida, quem assume o risco caso ocorra um sinistro é a seguradora. Portanto, ao optar por mudar de seguradora, é preciso cancelar o contrato com a primeira para então partir para o novo contrato.

Quais os tipos de seguros do mercado?

De modo geral, os seguros de vida cobrem morte natural e acidental. Porém, também podem oferecer cobertura para casos de invalidez permanente ou temporária. Ou, ainda, indenização em casos de doenças graves.

Porém, existem diferentes tipos de seguros de vida no mercado. Eles diferem na duração e na possibilidade de resgatar a apólice ainda em vida.

Confira os tipos de seguros de vida. Assim, aprende-se mais sobre cada uma das opções, eliminando em parte a necessidade de transferir seguro de vida, mudando de seguradora.

Seguro tradicional

Oferece cobertura vitalícia, pelo tempo em que o segurado paga o prêmio. Portanto, quando a pessoa deixa de pagar, há o cancelamento da apólice. 

Mas é importante saber que apesar de o segurado contar com a possibilidade de desistir do contrato a qualquer momento, ele não terá como reaver o valor que ele já pagou nesse tipo de seguro. Uma característica: os planos de seguro tradicional em geral são mais baratos do que os resgatáveis.

Seguro resgatável

Trata-se de um seguro em que o segurado tem a opção de resgatar parte do prêmio pago à seguradora. Isso ocorre após um prazo de carência que a empresa define – em geral são dois anos. 

O seguro resgatável é pago pelo segurado por um prazo específico. Após esse período, quando para de pagar, ainda há proteção por tempo indeterminado ou então até resgatar o prêmio. Entretanto, uma característica peculiar desse seguro é que não há reenquadramento etário.

Seguro temporário

Neste seguro o prêmio não pode ser resgatado. Trata-se de um produto parecido com o seguro tradicional. Porém, ele é válido por um tempo determinado e é cancelado após o prazo estabelecido. Pode ou não ter reenquadramento etário, dependendo do contrato.

Seguro de acidentes pessoais

A cobertura para acidentes pessoais traz um serviço mais simplificado e restrito a casos de invalidez temporária e morte acidental.

Inventário

Um benefício que o seguro de vida apresenta é que a indenização recebida pelos segurados não entra nos processos de inventário.

O seguro de vida é diferente de quantias em dinheiro, carros, imóveis, ações, entre outros bens. O beneficiário pode receber rapidamente a quantia do seguro, em apenas algumas semanas.

Recebendo a indenização

Para que o recebimento da indenização em caso de morte do segurado ocorra com agilidade, o primeiro passo é fazer contato com a seguradora.

A empresa vai solicitar os documentos (atestado de óbito e comprovação da identidade do beneficiário do seguro). Quando é feita a aprovação de toda a documentação, a seguradora tem até 30 dias para fazer o pagamento da indenização.

Já fez o seu Seguro de Vida?

Hoje em dia, com a ajuda das plataformas online, é ainda mais fácil fazer simulação para avaliar e ter acesso a um seguro de vida.

Mas muitas pessoas têm dúvidas quanto ao melhor momento para contar com um produto como esse.

É verdade que a contratação de um seguro de vida parte bastante das necessidades de cada um – e de suas famílias.

É importante conhecer a cobertura básica do seguro de vida. Porém, o beneficiário do seguro, também têm vários benefícios à sua disposição em muitos momentos da vida.

Sim, o seguro de vida também dá suporte caso o usuário se ausente do trabalho em virtude, por exemplo, de problemas graves de saúde.

Faça uma cotação de seguro de vida e encontre o melhor para você. A Bidu está aqui para descomplicar sua vida e encontrar o seguro que se encaixa nas suas necessidades.

 

Última atualização em 18/03/2021

Deixe uma resposta