Skip to main content

Seguro Residencial pode ser negado?

Por 23 de julho de 2021agosto 2nd, 2021Residencial e Lazer
seguro residencial pode ser negado

Vai contratar um seguro residencial para a sua casa ou apartamento? Você já teve dúvida se a seguradora pode negar a proposta? Isso é possível de acontecer?

Aqui você fica sabendo quando e porquê um seguro residencial pode ser negado. Entenda os motivos e fique atento para não ficar descoberto em nenhuma situação. 

Cotação online de Seguro Residencial

Seguro Residencial: por que contratar?

Contratar um seguro residencial é a melhor forma de contar com a proteção contra diversos acontecimentos que podem resultar em perda de patrimônio.

Este é o tipo de seguro mais customizável do mercado. Ou seja, ele oferece cobertura para diversas situações, das mais básicas às mais inusitadas

+ Qual o seguro residencial mais simples que existe?

O seguro residencial é também um dos mais baratos que existem. Por isso, sempre vale a pena ficar de olho nas coberturas e contratar a melhor opção para você!

Bom, mas será que o seu pedido de contratação de um seguro residencial pode ser negado pela seguradora? 

Seguro Residencial pode ser negado?

A resposta é sim. Uma seguradora pode recusar um seguro, segundo informações da Susep (Superintendência de Seguros Privados), órgão responsável pelo controle e fiscalização dos mercados de seguro no Brasil. 

Mas, será que isso pode acontecer apenas no momento da contratação de um novo seguro? 

Seguradora pode negar a contratação ou renovação do seguro?

Entretanto, de acordo com a Susep, a seguradora tem o prazo de 15 dias, contados a partir da data do recebimento da proposta, para avaliar a aceitação de seguros, sejam eles: 

  • Novos;
  • Renovações;
  • Pedidos de alterações na contratação (que impliquem na modificação do risco). 

E quando a seguradora nega o seguro?

Caso a seguradora não aceite a proposta, ela é obrigada a formalizar o motivo. 

Portanto, se essa manifestação não acontecer por escrito no prazo de 15 dias, significa que ela a seguradora aceitou.

Depois que a seguradora aceita a proposta, ela tem até 15 dias para emitir a apólice, certificado ou endosso.

Por isso, quando for contratar ou renovar o seguro, fique atento. Faça com antecedência para minimizar o risco de ficar sem cobertura.

Quais os motivos que uma seguradora poderá recusar uma proposta?

São muitos os quesitos que as seguradoras avaliam no momento de analisar uma proposta de seguro. 

Problemas que podem dar margem para dúvidas são: 

  • Dados cadastrais;
  • Divergências de informações;
  • Ou qualquer informação incompleta, que possa prejudicar a relação de transparência com a seguradora. 

Portanto, para evitar ter um seguro negado, evite dar declarações falsas, inexatas ou que omitam circunstâncias importantes sobre o risco. 

Ter uma negativa pode acontecer em qualquer modalidade de seguro. Porém, essa é uma situação mais comum quando falamos em Seguro Auto

Isso acontece pois a aceitação desta modalidade de seguro leva em consideração as informações pessoais sobre o motorista, usuários e sobre a rotina do veículo, entre outros dados.

+ Sinistro recusado no seguro auto: quais as situações em que isso pode acontecer?

Como evitar que a seguradora recuse o seguro?

Assim, se você já está pedindo a renovação do seguro residencial, é importante avisar qualquer mudança no tipo de utilização do imóvel. De habitual para veraneio ou vice-versa, por exemplo.

Além disso, também é preciso informar alterações de configuração familiar, como nascimento de filhos, casamento e divórcio.

Você contratou a cobertura para conteúdo no seu seguro residencial? Então é importante avisar a aquisição de novos aparelhos eletrônicos e eletrodomésticos para que eles sejam cobertos.

Portanto, neste último caso, é importante fazer esta comunicação para estar garantido em caso de sinistro

Indenização do Seguro Residencial pode ser negada?

Bom, esse já é outro assunto, mas a resposta é, sim. A seguradora pode se recusar a pagar a indenização do seguro residencial. 

Motivos para seguradora não pagar sinistro

De modo geral, essa negativa pode acontecer:

  • Em situações em que há a comprovação de fraudes;
  • Quando há informações imprecisas sobre o sinistro;
  • Em caso de ausência na apresentação de documentos;
  • Quando há o atraso no pagamento das parcelas ou em casos de inadimplência. 

O que o Seguro Residencial não cobre

Para não ficar na mão com o seu seguro, é preciso ficar atento a algumas situações não cobertas pelo seguro residencial. 

Em geral, não há indenização de danos estes ocorrem em virtude de má-conservação do imóvel. Ou então que aconteçam durante longo período de desocupação.

Também ficam de fora coberturas por falhas no projeto de construção do imóvel, infiltração ou material de qualidade ruim usado na obra.

O que são bens não compreendidos no seguro?

São aqueles bens para os quais a seguradora não oferece indenização, mesmo que eles sejam oriundos de riscos cobertos.

Em geral são os seguintes: 

  • Objetos de valor como obras de arte;
  • Objetos considerados como raridades;
  • Manuscritos;
  • Papel moeda;
  • Jóias;
  • Coleção de vinhos, entre outros. 

Entretanto, para alguns desses itens existem seguros específicos. Você pode contratá-los junto com o seguro residencial. Vale a pena consultar!

Contudo, é importante ressaltar que todas as exclusões devem estar destacadas no contrato. Portanto, avalie bem esse documento antes de assiná-lo.

Ter um seguro residencial é a certeza de proteger o seu lar contra alguns imprevistos como incêndios, queda de raios e explosões, por exemplo. Essas, aliás, são as coberturas básicas (mínimas) deste tipo de seguro. 

Mas, você pode ir além e adicionar outras proteções à parte para que seu seguro fique ainda mais completo.  

Aqui na Bidu você pode fazer uma cotação on-line e gratuita com as principais opções de seguradora do país. Garanta que seu imóvel fique protegido de forma segura e ágil!

Cotação online de Seguro Residencial

Última atualização em 23/07/2021

 

Deixe uma resposta