Skip to main content

Tá na hora de fazer um check-up?

Por 9 de junho de 2021Vida e Saúde
quando fazer check-up

Todo mundo sabe que é melhor prevenir do que remediar. Porém, quando o assunto é saúde, essa frase ganha ainda mais importância. Assim, é possível evitar o surgimento ou mesmo a evolução de um determinado problema. Dito isso, você sabe quando fazer check-up

Quando é o momento certo para começar a realizar exames de check-up periódicos? Será que existe alguma recomendação específica?

Antes de responder a essas perguntas, é válido saber que o termo check-up significa checar, conferir. Na medicina, essa palavra é comumente usada para designar a realização de avaliações médicas de rotina. Elas acontecem quando o profissional da área da saúde prescreve aos pacientes exames específicos de acordo com a idade, o sexo e o histórico pessoal e familiar.

 Para fazer um check-up, portanto, não é preciso estar doente.  Assim, a proposta é justamente se antecipar a qualquer tipo de problema que possa ocorrer em virtude de uma série de fatores como, por exemplo, hereditariedade e idade. E o melhor é que o seu plano de saúde pode ser um bom aliado no seu check-up.

Cotação online de Planos de Saúde

Quando fazer check-up – Idade

É verdade que há certas idades específicas para o paciente se submeter a alguns tipos de procedimentos médicos. Entre eles podemos citar exame de próstata ou mamografia.

Mas, independentemente da idade, é essencial que as pessoas façam pelo menos um check-up por ano para a realização de exames.

Entretanto, para aqueles que têm doenças crônicas, os check-ups devem ocorrer com mais frequência, seguindo a orientação médica. Essas doenças, em geral, são as de progressão lenta e longa duração (muitas podem durar por toda a vida),

Conduta rotineira

Portanto, na hora de saber quando fazer check-up, o mais importante é ter consciência sobre a necessidade de realizar exames que façam o diagnóstico precoce de doenças. Isso é mais do que indicado para quem deseja contar com maiores índices de cura de doenças em geral. 

Afinal, ao adotar o hábito de fazer check-ups regularmente, é possível detectar os sinais que o corpo dá como indicação de futuros problemas. Desta forma, é possível contribuir para a prevenção de doenças. 

Planos de Saúde: aliados

Diante de todo esse cenário de quando fazer check-up, ter um plano de saúde pode ser um grande aliado. Os usuários dos diversos planos disponíveis no mercado têm cobertura para uma série de procedimentos médicos. Eles podem fazer o diagnóstico de doenças já instaladas e não manifestadas como, por exemplo, diabetes, colesterol e pressão alta etc.

Sem contar que no check-up são feitas ações para apoiar as pessoas para que continuem tendo uma boa saúde. Além da indicação de iniciar precocemente tratamentos para doenças que, até então, não sabiam que tinham. Estamos falando aqui de um passo determinante para a vida do paciente.

Exames mais comuns no check-up

Como já foi dito, o profissional da área médica determina os exames que serão feitos pelo paciente no check-up. Ele faz isso mediante diferentes abordagens como idade, sexo, histórico familiar e até mesmo o comportamento adotado no dia a dia.

Mas, deixando de lado as particularidades, um check-up costuma abordar os seguintes itens:

  • Exames de sangue: hemograma e dosagem dos níveis de colesterol total e frações, triglicerídeos, glicemia, insulina, hormônios da tireoide e do fígado.
  • Aferição de pressão arterial, verificação de peso e cálculo do Índice de Massa Corporal (IMC).
  • Função pulmonar (indicada a pacientes fumantes).
  • Exames de urina e de fezes.
  • Teste de detecção de sífilis, pesquisa de anticorpos anti-HIV e dos vírus da hepatite B e C.
  • Colonoscopia.
  • Avaliação da próstata (para os homens) e exame Papanicolau (para as mulheres).
  • Mamografia para as mulheres.
  • Ultrassonografia total do abdômen.
  • Teste ergométrico.

Preparações para exames

É sempre importante saber quais são os cuidados que se deve ter para a realização dos exames. Portanto, cabe ao laboratório passar as informações relacionadas a tempo de jejum, restrição alimentar, entre outros fatores.

É importante seguir as recomendações à risca para evitar qualquer tipo de problema durante a realização do exame. Sem contar que não seguir o protocolo de procedimentos pode comprometer os resultados obtidos. E, pior, colocar a saúde do paciente em risco.

Mais: em casos de ansiedade e até mesmo medo de fazer algum exame, a dica é entrar em contato com o médico. Ele pode esclarecer suas dúvidas e você ficará tranquilo em relação às principais preocupações sobre o procedimento.

O mais importante de tudo, sem dúvida, é sempre fazer o check-up com confiança e responsabilidade. Todo exame é determinante para que o médico encontre a causa do desconforto do paciente. Ou então identifique com antecedência uma doença grave que pode colocar a vida em risco.

Nada melhor do que estar com a saúde em dia e fazer, ao menos, um check-up médico por ano. Essa é a chave para ficar por dentro do que está acontecendo com o seu corpo. Além disso, diminui substancialmente o risco de ser pego de surpresa com uma notícia desagradável.

Principais benefícios do check-up

Prevenção e diagnóstico precoce

Previne e diagnostica antecipadamente as doenças. Isso permite ao médico indicar os tratamentos mais eficientes e melhores maneiras de evitar problemas de saúde similares no futuro. 

Em casos pontuais, permite reverter um quadro desfavorável por completo. Inclusive fazendo com que os riscos para outras doenças sejam diminuídos ou até mesmo eliminados. Vale mencionar também que a prevenção é, muitas vezes, mais barata e eficaz do que os tratamentos para doenças crônicas.

Melhora da qualidade de vida

Apresenta subsídios para a pessoa viver mais e melhor. Isso porque se o médico tem uma boa referência e conhecimento sobre a saúde do paciente, ele identificará os principais fatores de risco em termos de saúde. 

Isso significa que o médico pode até mesmo indicar certas atividades físicas para o controle da saúde e bem-estar, encaminhar o paciente para a nutricionista, fisioterapeutas, psicólogos etc. É importante lembrar que cuidar da saúde vai além da ingestão de remédios. Manter um estilo de vida ativo é uma das melhores maneiras de eliminar os riscos de adoecer.

Histórico médico

Mantém o histórico de registros médicos. Ao fazer check-ups periódicos, o consultório do médico guarda os registros de todas as ações prescritas para o paciente. Essas informações são essenciais para acompanhar a saúde do paciente. Além de servirem de base para orientações em várias questões como, por exemplo, se já é hora de repetir determinado exame ou tomar uma vacina.

Agora que você entendeu um pouco mais sobre quando fazer check-up médico, agende já uma consulta e peça os exames. Se ainda não tem um plano de saúde, faça uma cotação online e encontre um que cabe no seu bolso. 

Cotação online de Planos de Saúde

Última atualização em 09/06/2021

 

Deixe uma resposta