Skip to main content

É possível pausar Plano de Saúde?

Por 28 de junho de 2021Vida e Saúde
pausar plano de saúde

A situação financeira apertou? Ainda que haja a necessidade de cortar alguns serviços não essenciais, outros são imprescindíveis. Entre eles, está o plano de saúde. Chegou a pensar em pausar plano de saúde para aliviar o bolso? 

O plano de saúde é uma garantia para não passarmos apertos naquelas horas difíceis. Então venha descobrir se é possível pausar plano de saúde. 

Cotação online de Planos de Saúde

Dá para pausar Plano de Saúde?

Na verdade, não é possível pausar plano de saúde. Caso esteja pensando em dar um tempo no plano por algum período, saiba que essa situação não pode acontecer. O motivo? O plano de saúde não autoriza uma paralisação temporária do beneficiário. 

Desta forma, o titular do plano ficaria inadimplente. Assim, correria o risco de ver o seu plano ser cancelado ou suspenso. 

Inclusive, é possível fazer a portabilidade ao cancelar um plano e contratar outro. Isso sem a obrigação do período de carência. Mesmo assim, os débitos em aberto do primeiro plano ainda seriam cobrados ao devedor. 

Posso ficar inadimplente no pagamento do Plano de Saúde?

Entretanto, se estiver com dificuldades no pagamento do plano de saúde, existe um limite anual de inadimplência ao consumidor. O prazo é de 60 dias. Lembrando que este período não precisa ser considerado como dias consecutivos. Ou seja, se houver o atraso de 30 dias em abril e 30 dias em outubro, o plano calcula como 60 dias no ano. 

Ao ultrapassar os 60 dias de mensalidade atrasada, o plano de saúde pode ser cancelado. Sempre respeitando a Lei 9.656/98. Porém, o beneficiário deve ser avisado pela operadora que isso está prestes a ocorrer. Assim, quando chegar até ao 50º dia inadimplente, a operadora precisa mandar uma notificação sobre o atraso. Seguindo, claro, o regulamento da ANS.

Portanto, neste último aviso, a operadora deve deixar explícito algumas informações, tais como: 

  • Identificação do consumidor;
  • Identificação da operadora e dados do plano contratado;
  • Constar o número de dias de inadimplência;
  • Esclarecer as consequências se não pagar o plano. 

Pode ocorre de o titular do plano estar internado durante o período inadimplente. Neste caso, a seguradora não pode cancelar e nem suspender o plano de saúde. 

Se a operadora cancelar o plano sem o aviso prévio ao beneficiário, nem tudo está perdido. Nestas situações, o consumidor pode buscar os seus direitos para reativar o plano. Pode, inclusive, recorrer à Justiça, se comprovar a irregularidade. 

Então, já vimos que não se pode pausar plano de saúde. Vamos lá conhecer as opções disponíveis para quem busca um serviço de saúde. 

+ Planos de Saúde mais caros: qual o motivo?

Se não tem como pausar Plano de Saúde, quais são as alternativas?

Como visto, não é possível pausar plano de saúde e retornar a exercer o serviço depois. O que fazer, afinal? Existem outras saídas para quem precisa dar um tempo no plano. 

Assim, listamos algumas alternativas. Elas oferecem serviços de saúde e podem ajudar nesse momento. Confira:

Plataformas de tecnologia

Conhecidas como startups, as plataformas são opções interessantes. Principalmente, pela sua acessibilidade e baixo custo. 

Normalmente, a pessoa faz uma assinatura mensal a um custo baixo. Ou então, a depender da plataforma, de forma gratuita. 

Uma de suas maiores vantagens é o contato direto entre médico e paciente. Assim, o consumidor pode agendar consultas e exames mais rapidamente. O relacionamento entre as partes costuma ser personalizado. Isso ajuda na qualidade do atendimento. 

Desta forma, elencamos outros benefícios das startups, acompanhe: 

  • Descontos em consultas e exames;
  • Consultas presenciais ou online
  • Descontos em remédios. 
  • Fácil alcance a médicos e laboratórios de diferentes especialidades;
  • A depender da plataforma, paga-se um valor mensal que assegura consultas gratuitas válidas no ano todo.   

Mas para quem seria essa alternativa? Fique tranquilo que ela acolhe diferentes públicos. Pode ser uma pessoa, uma família completa ou, até mesmo, uma empresa. 

Porém, como ponto negativo, ela não costuma funcionar bem para emergências. Assim, não substitui a necessidade de usar um centro médico nesta situação. 

Clínicas populares

A clínica popular não se difere tanto de uma clínica comum. Na prática, a sua diferença está diretamente no valor a ser cobrado. Assim, é uma alternativa com serviços mais baratos e disponíveis a qualquer pessoa. 

Nesta modalidade, o paciente paga apenas quando realizar uma consulta ou exame. Desta forma, garante uma menor burocracia e maior agilidade em todo o processo.  

A clínica popular funciona mais para os primeiros atendimentos. Entre eles aqueles problemas de saúde mais comuns, servindo de alternativa também ao serviço do SUS. 

Existe uma boa diversidade de médicos, como cardiologista e ginecologista. Porém, não é uma boa utilizar essa modalidade para casos de alto grau de complexidade. 

Achou uma clínica popular? Então procure saber se ela está regularizada no Conselho Federal de Medicina (CFM)

Seguro saúde

Pensou que seria outro plano de saúde? Não, o seguro saúde é um pouco diferente. Nesta modalidade, o paciente tem a liberdade de escolher o médico, consultório e clínica. Assim, evita que seja necessariamente um local e médico credenciados

Possui valores mais acessíveis que o plano de saúde. Com isso, também garante que o segurado consiga personalizar o seguro de acordo com as suas necessidades. 

Contudo, ao fazer uma consulta ou exame, o consumidor paga o valor integral do serviço. O seguro entra em ação ao indenizar o segurado. Porém, sempre respeitando os valores limites estabelecidos no contrato. 

Já que não seria possível pausar plano de saúde, quer fazer uma simulação de um seguro saúde com a Bidu? É rápido e fácil, encontre o melhor seguro para você e sua família! 

Cotação online de Planos de Saúde

Última atualização em 28/06/2021

 

Deixe uma resposta