Skip to main content

Novos tipos de Planos de Saúde

Por 23 de junho de 2021Vida e Saúde
novos tipos de planos de sáude

Quando o mundo começou a vivenciar a pandemia provocada pelo novo coronavírus, a área da saúde foi a que sofreu maior impacto. O maior foi a responsabilidade dos profissionais da linha de frente ao cuidarem das pessoas infectadas. Mas, além disso, o setor teve de “pedalar” para se adaptar e mudar inúmeras coisas. E nessa onda surgiram novos tipos de planos de saúde.

O mercado se viu diante da necessidade de abrir cada vez mais caminhos para chegar aos pacientes. Assim, nesse contexto, as consultas remotas, tornaram-se corriqueiras.

Apesar da desaceleração econômica também provocada pela pandemia, o setor de saúde teve, portanto, de se reinventar e, com isso, de acordo com os especialistas, evoluiu muito em relação à cultura tecnológica e vem apresentando novos modelos e tipos de planos de saúde.

Mas quais são os novos tipos de planos de saúde que estão surgindo em meio ao atual cenário e o que eles trazem de diferente dos tradicionais?

Cotação online de Planos de Saúde

Revolução no mercado de Plano de Saúde

Diante de tudo que o mundo vem vivendo por causa da pandemia, os novos tipos de planos de saúde chegaram para agitar o mercado. Esses novos planos estão mais focados em saúde preventiva e também estão apostando no uso cada vez maior da tecnologia como parte do processo.

Como resultado, as empresas responsáveis por esses novos tipos de planos de saúde prometem mais acessibilidade e integração dos atendimentos prestados aos pacientes.

Portanto, estamos falando de qualidades que ganham ainda mais dimensão. Isso porque estamos vivendo uma pandemia, ou seja, uma ameaça à saúde de toda a população. O atendimento às pessoas em virtude do colapso do sistema de saúde (público e privado) e a dificuldade ao acesso estão em foco constante.

Por isso, os novos tipos de planos de saúde se destacam em relação aos planos tradicionais. Isso ocorre principalmente pela atenção que dedicam à saúde preventiva, ao atendimento integrado, ao uso de tecnologias e à acessibilidade.

Saúde preventiva

De acordo com as informações divulgadas pela Federação Nacional de Saúde Suplementar (FenSaúde), desde o início da pandemia, os planos de saúde ganharam um milhão de pessoas. Ou seja, um total de 48 milhões de beneficiários.

Muitos desses novos clientes já estão sentindo na pele os efeitos das novas estratégias adotadas pelas empresas da área da saúde. Eles estão aderindo aos tratamentos preventivos. Isso reduz riscos com atendimento em casos de doenças detectadas precocemente e ainda evita ao máximo situações graves, como internações, por exemplo.

Em resumo: sai o foco do tratamento feito apenas quando a pessoa está doente e entra em cena a promoção da saúde de fato. Desta forma, é possível antecipar, sempre que possível, o surgimento ou avanço de um problema.

Para isso acontecer, há planos que oferecem ao cliente um time de profissionais diversos, Entre eles, por exemplo, médicos, nutricionistas e até preparador físico. Eles montam uma estratégia de ação visando à saúde futura do paciente.

A tecnologia ganha mais espaço

Os novos tipos de planos de saúde também estão investindo no uso da tecnologia para integrar profissionais, qualificar o atendimento e reduzir as consultas presenciais.

Dessa forma, muda-se completamente o comportamento adotado pelo paciente. Pelos planos de saúde tradicionais, ele faz consultas com diversos especialistas e usa diferentes laboratórios e hospitais.

Entretanto, de acordo com os novos planos de saúde, os profissionais estarão integrados. Isso garante que todo o histórico de saúde do paciente fique registrado em um aplicativo.

Essa mesma plataforma de tecnologia também une os laboratórios e hospitais. Assim, é possível estruturar os atendimentos prestados e manter a personalização tão necessária.

O futuro dos serviços de saúde

De acordo com os profissionais do mercado, a união entre saúde e tecnologia é um caminho com um futuro cada vez mais promissor. Essa união representa uma grande evolução nos modelos de atendimentos feitos à distância e tão necessários hoje em dia.

O que o mundo vem enfrentando permitiu esse grande aprendizado por parte do setor de saúde.

Esse é o futuro que, até um tempo atrás, não era sonhado. Isso porque o mercado de saúde viveu muitos anos sem apresentar inovações expressivas como as que podem ser conferidas hoje em dia.

Porém, algo singular continua no foco do setor: as necessidades do paciente e como deve ser a jornada dele nesse sistema. Pois isso tudo só faz e fará sentido se o mercado levar em conta também o novo comportamento das pessoas. Elas, cada vez mais, buscam uma vida mais saudável, querendo chegar à velhice em boas condições.

Para atingir esse objetivo, a fórmula foi encontrada. A saúde preventiva aliada a ferramentas tecnológicas diversas já estão fazendo a diferença.

Já ouviu falar em medicina preventiva?

Medicina preventiva é o nome técnico dado aos cuidados que se pode ter ao marcar consultas de rotina e realizar exames médicos quando a pessoa está bem. Assim, esta é uma forma de verificar se tudo em seu corpo está “funcionando” como deveria.

A ideia não é ir ao médico quando uma doença surge. Pelo contrário. O grande objetivo é evitar que esse tipo de ocorrência surja para que a pessoa possa ter mais qualidade de vida e, claro, longevidade.

Plano de Saúde é aliado

De qualquer forma, independente dos novos tipos de planos de saúde, contar com essa proteção é fundamental. Aqui na Bidu, podemos te ajudar a encontrar o melhor plano de saúde para você.

Cotação online de Planos de Saúde

Última atualização em 23/06/2021 

 

 

Deixe uma resposta