Skip to main content

Como escolher fone de ouvido?

Por 15 de setembro de 2022Residencial e Lazer
escolher fone de ouvido

Com tantas opções no mercado, escolher fone de ouvido pode se transformar em um verdadeiro desafio.

Para começar, é preciso encontrar o modelo ideal para o uso que se pretende fazer. Há, por exemplo, quem precise de fone de ouvido para simplesmente ouvir música, jogar, trabalhar, estudar, entre outras atividades.

E, acredite: de acordo com o uso que será feito, há um fone de ouvido mais indicado.

+ Dirigir com fone de ouvido é permitido?

Como se não bastasse, são muitos os modelos e preços desse acessório no mercado nacional e internacional, tornando a missão mais desafiadora. Porém, nada impossível, principalmente em virtude das informações a seguir, que facilitará a sua escolha.

Confira as dicas para escolher o fone de ouvido perfeito para você!

Cotação online de Seguro para Celular

Especificações técnicas dos fones de ouvido

Embora nem todo mundo tenha facilidade para entender, as especificações técnicas dos fones são determinantes para escolher fone de ouvido.

Presentes nos manuais dos acessórios e acessíveis online, vale buscar os conteúdos e trocar informações para escolher fone de ouvido e comprar o que melhor atenderá às suas necessidades.

As principais especificações que devem ser consideradas são:

Driver

Refere-se ao condutor de som que tem o objetivo de levar boa qualidade aos fones de ouvido. Muito compacto, não interfere no tamanho geral do produto que, importante, deve ser encaixado perfeitamente no canal auditivo.

Nos drivers presentes nos fones Bluetooth TWS (fones sem fio e que são menores do mercado) o elemento varia entre 5,6 e 12 mm. Nos fones maiores, tipo headsets, o driver é amplo – média de 40 mm.

Essa questão tem influência no preço dos fones. Os headsets, em virtude da espessura que favorece o processo de fabricação, tornando o manuseio mais simples, têm, em geral, preço final menor do que os fones Bluetooth TWS.

Impedância

Medida que determina o volume geral do som no fone. A medição é expressa em Ohms e estes devem ter valor abaixo de 20 para demonstrar a altura alcançada com o produto escolhido pelo usuário.

A regra é: quanto menor é a quantidade de Ohms, maior é a chance de o fone ter volume mais alto.

Decibéis

Trata-se da medida para saber a intensidade geral do som e o volume que o fone é capaz de alcançar.

É importante saber que o nosso ouvido tem limite mínimo e máximo de decibéis que pode suportar sem que ocorram danos permanentes: em torno de 80 db.

Tal sensibilidade é próxima nos dois tipos de fones: TWS (fones de ouvido sem fio) e headsets.

Resposta de frequência

O nosso ouvido ainda tem uma detecção limitada de frequências, entre 20 Hz e 20.000 Hz (20 kHz). Por isso, os fones precisam reproduzir, no mínimo, essa capacidade máxima.

Conector

Há cerca de quatro anos, os fones de ouvido TWS têm ganhado mais espaço, fazendo com que as pessoas dediquem mais atenção com o alcance e tempo de resposta dos acessórios que utilizam esse tipo de frequência.

Mas vale dizer que ainda é comum no mercado modelos de alta performance, principalmente os headsets que apresentam microfone.

Os quatro tipos para escolher fone de ouvido

Com variações de formatos e preços, há os fones mais populares, que são encontrados nas lojas com facilidade. Já outros são desenvolvidos para um público mais exigente, seleto e profissional.

Auriculares (earbud)

Modelo mais fácil de ser encontrado, é pequeno e leve, embora a vedação sonora não seja das melhores, segundo os profissionais especializados que testam incansavelmente tudo o que é lançado.

Intra-auriculares (in-ear)

Estamos falando do modelo mais popular do mercado. Para distingui-lo, basta identificar a ponteira de silicone desenvolvida para ficar no canal auditivo.

Em virtude da fixação no ouvido, que permite elevação na fidelidade sonora e redução dos ruídos externos, este modelo se destaca entre os usuários – pelo menos os que não se incomodam com o uso prolongado.

Circumaurais (over-ear)

DJs e profissionais da música formam o principal público desse fone que apresenta o formato mais confortável por longas horas, já que fica em torno da orelha. Isola bem o som.

Supra-auriculares (headset)

Fones amplamente conhecidos pelos adeptos do headset. O tamanho cobre toda a orelha e tem como principal público jogadores de gamers.

Marca X pirataria

Mais do que pensar em marcas ao escolher fone de ouvido, é importante considerar o que se adapta ao gosto de cada um – e ao bolso também.

Mas uma questão é consenso: evitar a compra de produtos piratas.

A escolha é sua ao escolher fone de ouvido

Levando-se em conta as especificações técnicas é possível escolher fone de ouvido ideal, que sempre deverá se basear no uso que a pessoa fará do acessório.

Um usuário que, por exemplo, deseja ter um produto compacto, com preço acessível e para uso mais simples (ouvir áudios no whatsapp e atender a ligações) pode optar pelo auricular. Já quem quer ter um fone mais confortável e que isole bem ruídos externos, o intra-auricular é a escolha.

Seguro celular cobre acessórios como o fone de ouvido?

Diante da oferta de tantos modelos de fones de ouvido, o que implica diretamente no preço dos produtos comercializados, surge a dúvida quanto à segurança que se deseja obter.

Afinal, é um acessório que, assim como o aparelho celular, muitas vezes é exposto, usado nas ruas, entre outros ambientes.

É verdade que o seguro celular está cada vez mais presente no dia a dia das pessoas, mas será que este seguro apresenta algum tipo de cobertura para o fone de ouvido?

A resposta é…sim! Estamos falando da cobertura opcional que pode ser contratada para acessórios, o que inclui os fones de ouvido, cabos e demais acessórios.

Sempre é válido avaliar as possibilidades, garantindo mais segurança, já que a compra de um smartphone não é a única considerada um alto investimento.

Cotação online de Seguro para Celular

Última atualização em 15/09/2022

 

Deixe uma resposta