Skip to main content

Empréstimo Pessoal de loja: vale a pena contratar?

Por 5 de julho de 2021Finanças
empréstimo pessoal de loja

Estava batendo perna no shopping e entrou numa loja qualquer para dar aquela olhadinha? Não deve ser difícil você ter escutado alguma vez que estavam oferecendo crédito pessoal aos clientes. Já buscou saber mais informações sobre um empréstimo pessoal de loja? 

Venha descobrir as vantagens e desvantagens dessa modalidade de crédito, acompanhe o post! 

Solicitar Empréstimo Pessoal

Empréstimo Pessoal de loja

Como o próprio nome revela, o empréstimo pessoal de loja é uma modalidade de crédito oferecida por lojas dos mais variados ramos. O serviço de crédito ao consumidor costuma ser uma parceria de lojas com bancos ou instituições financeiras. 

Nesta forma de empréstimo, existe uma análise de crédito que cada loja determina conforme às suas próprias regras. Ou seja, há estabelecimentos que pedem ao cliente que tenha um cartão da loja para conceder o crédito. Em compensação, outros lugares solicitam a apresentação de um comprovante de renda mínimo, como receber um salário. 

O empréstimo pessoal de loja pode ser contratado na tradicional maneira presencial ao comparecer a uma das lojas e negociar o crédito. Ou, também, no modo remoto acessando um aplicativo ou site que forneça esse serviço. 

Quais são as vantagens de solicitar um Empréstimo Pessoal de loja?

Para entender melhor sobre essa modalidade, fizemos uma lista com as vantagens que um empréstimo pessoal de loja oferece ao consumidor. Confira: 

Agilidade no empréstimo

Um dos principais benefícios é, sem dúvidas, a facilidade na hora de autorizar o empréstimo pessoal ao cliente. Por existir uma maior flexibilidade, algumas empresas disponibilizam o dinheiro rapidamente. 

Em quanto tempo? Isso depende de cada loja. Porém, o consumidor pode sair com o dinheiro em mãos imediatamente ou esperar alguns dias para cair em sua conta. 

Como o processo acontece de forma ligeira, o empréstimo pessoal de loja acaba sendo útil para quem deseja ter o dinheiro o quanto antes. 

Menor burocracia

Levando em conta a rápida aprovação do dinheiro, isso ocorre devido haver uma menor burocracia por parte das lojas. Isto, na prática, é um diferencial oferecido pelos estabelecimentos, visto que há outras formas de empréstimos em bancos ou financeiras. 

Por isso, a análise de crédito costuma ser menos demorada neste momento. Inclusive, há lojas que não pedem a comprovação de renda. Porém, nesse caso, verificam o histórico financeiro do cliente no próprio local. 

Por exemplo, caso tenha um cartão da loja, pode facilitar não apenas o andamento do procedimento, mas também a obter crédito com taxas menores. O bom pagador, sem dívidas pendentes e sendo cliente há alguns anos, ganha uns pontos com a loja.

Além disso, pode ser solicitado apenas que o consumidor tenha uma renda mínima para se aprovar o empréstimo. 

Em geral, outros documentos pedidos pelas lojas, são: 

  • RG; 
  • CPF;
  • Comprovante de residência. 

Flexibilidade 

Gostaria de receber o empréstimo em dinheiro? Ou direto na sua conta bancária? A flexibilidade é outro ponto positivo ao buscar um crédito pessoal de loja.

Não apenas a forma de pagamento, mas o consumidor também pode escolher:

  • Quantidade de parcelas;
  • Data do vencimento dos débitos;
  • Prazo para começar a pagar.

É claro, desde que respeite as condições oferecidas pela loja. 

Assim, fornece uma maior segurança para o cliente solicitar o empréstimo na maneira mais confortável e apropriada à sua realidade financeira. Nada de fazer exageros, ok?

+ Empréstimo para quitar dívidas: vale a pena?

E quais são as desvantagens?

Porém, existe o outro lado da moeda ao contratar um empréstimo pessoal de loja. Vamos agora conhecer as desvantagens dessa modalidade: 

Juros altos, preço mais caro

Sim, a taxa de juros é muito alta nos empréstimos oferecidos por lojas. Qual a razão disso? Por conta da facilidade do acesso ao crédito, em virtude de acontecer uma análise de crédito rápida, o risco de inadimplência acaba sendo menos criterioso. 

Dessa forma, como compensação às empresas, os juros são elevados se comparado com outros locais de crédito. Isso explica o porquê de alguns estabelecimentos não pedirem uma comprovação de renda, mas somente um histórico na própria loja. 

A longo prazo, pode se tornar uma verdadeira bola de neve para se quitar o empréstimo. Se escolher um grande número de parcelas, o contratante pode vir a pagar um valor bem mais salgado do que imaginava ao contratar o crédito. 

Dica: pesquise o Custo Efetivo Total (CET) de algumas lojas que oferecem esse serviço. Este custo reflete todos os juros, taxas e encargos de um empréstimo pessoal. Compare o CET entre as lojas e encontre aquele que tenha o menor custo. O seu bolso agradece. 

Valores de empréstimo são limitados

Outro ponto negativo seria o baixo valor concedido de empréstimo pelas lojas. Em geral, o máximo que se disponibiliza de crédito não chega a 10 mil reais. Outra razão para tomar cuidado com os juros altos, já que o empréstimo seria limitado. 

Caso deseje pegar uma graninha maior, a alternativa das lojas não seria a mais ideal. 

Necessidade de ter um cartão da loja

Talvez você esteja se perguntando, mas isso não era uma vantagem? Na verdade, o fato de possuir um cartão da loja ajudaria na autorização do crédito. Ou, até mesmo, caracterizar algum desconto em determinadas taxas. 

E se não tiver o cartão da loja, a história é diferente. Há alguns lugares que colocam a obrigatoriedade do cartão como requisito para permitir o crédito pessoal. Portanto, o consumidor precisaria fazer um cadastro na loja anteriormente. 

Neste caso, seria necessário arcar com uma tarifa anual desse cartão. Está disposto a criar uma nova despesa? 

Vale a pena fazer um Empréstimo Pessoal de loja?

Na verdade, essa decisão de fazer um empréstimo pessoal de loja requer uma análise bem detalhada do cliente. Apesar de as lojas serem seguras e confiáveis, os juros altos pesam bastante na hora de contratar um crédito. 

Se estiver precisando fazer um empréstimo, o mais indicado seria recorrer aos bancos e instituições financeiras em primeiro lugar. Por serem mais rígidos na análise de crédito, oferecem taxas mais atrativas e condições favoráveis se formos equiparar com as lojas. 

A facilidade encontrada nos empréstimos de lojas pode acarretar em futuras dores de cabeça quando for pagar as parcelas, se não houver um planejamento minucioso do cliente. 

Coloque no papel todos os custos, prazos e obrigações ao procurar um crédito de loja. Assim, poderá ter um panorama mais claro de quanto a despesa ficará dentro de seu orçamento. 

Quer encontrar o empréstimo pessoal mais adequado à sua situação financeira? Faça uma simulação com a Bidu, é rápido e fácil! 

Solicitar Empréstimo Pessoal

Última atualização em 05/07/2021

Deixe uma resposta