Skip to main content

Dia Nacional da Saúde: como anda a sua?

Por 3 de agosto de 2022Vida e Saúde
dia nacional da saúde

Em 5 de agosto é comemorado o Dia Nacional da Saúde no Brasil. A data foi oficializada pela Lei nº 5.352, de 8 de novembro de 1967, do Ministério da Saúde e da Educação e Cultura.

O Dia Nacional da Saúde surgiu com a proposta de conscientizar a população sobre a importância da educação sanitária e a necessidade de cada pessoa adotar um estilo de vida mais saudável.

Mais: a data também é uma especial homenagem ao médico sanitarista Oswaldo Gonçalves Cruz, que nasceu em 5 de agosto de 1872. Ele foi um dos mais renomados profissionais, personagem de destaque na história do combate e erradicação das epidemias da peste, febre amarela e varíola no Brasil, no começo do século XX.

Ele também foi responsável pela criação do Instituto hoje conhecido como Fundação Oswaldo Cruz – Fiocruz, além da fundação da Academia Brasileira de Ciências.

Cotação online de Planos de Saúde

Universo da saúde: mais do que a ausência de doenças

Com a proximidade do Dia Nacional da Saúde, mais do que nunca vale refletir como anda a nossa saúde diante dos inúmeros desafios enfrentados. Principalmente nos últimos anos em virtude da pandemia provocada pelo novo coronavírus.

Como os brasileiros têm cuidado da saúde, palavra que desperta aspectos que vão muito além da ausência de doenças?

Saúde, diferente do que muita gente pensa, não significa apenas não apresentar uma doença. O termo saúde está direta e intimamente relacionado à presença de uma real e autêntica qualidade de vida no dia a dia da população.

Afinal, para ser uma pessoa saudável, dependemos de uma série de fatores, físicos e mentais, que devem fazer parte da rotina como, por exemplo:

Ter uma alimentação equilibrada (leia-se aí consumir alimentos frescos e manter distância dos processados e ultraprocessados, consumir verduras, legumes, frutas, entre outros aspectos);

  • Ingerir quantidade adequada de água;
  • Praticar atividade física;
  • Ter momentos de lazer e descanso;
  • Cuidar da higiene pessoal;
  • Evitar hábitos que prejudicam como fumar etc.

Cuidados no Dia Nacional da Saúde e sempre

O cuidado com a saúde é um hábito que todas as pessoas devem ter sempre.

Apesar de o Dia Nacional da Saúde lembrar a todos dessa necessidade, outros fatores chegaram para mostrar o quanto é preciso se cuidar em favor da longevidade.

A pandemia é um desses fatores. Impulsionados pela crise provocada pela Covid-19, os brasileiros passaram a ter ainda mais preocupação com a saúde.

Sim, a pandemia potencializou essa questão. Diante desse fato, vários movimentos estão acontecendo como, por exemplo, a contratação de planos de saúde com preços mais atrativos para que seja possível tratar problemas de saúde e, tão importante quanto, prevenir doenças.

Por isso, segundo pesquisas realizadas, o brasileiro considera hoje que ter um plano de saúde é uma conquista, assim como ter um imóvel próprio ou realizar uma viagem, por exemplo.

Trata-se de um produto que, diante do cenário ainda mais evidenciado pela pandemia, oferece agilidade no atendimento. Este é um dos principais aspectos desejados pelos clientes dos planos de saúde.

Importância da prevenção

Outra característica que chama a atenção dos usuários dos planos se refere às consultas preventivas. Ou seja, as idas aos diferentes especialistas médicos para a realização de exames de prevenção para evitar doenças, sobretudo as mais graves. Ou, na pior das hipóteses, para detectar o problema em fase inicial.

É mais do que sabido hoje em dia que procurar atendimento médico somente quando a pessoa sente que algo está errado é um dos grandes erros cometidos.

As consultas e exames preventivos devem fazer parte do calendário das pessoas, pois são fundamentais para manter a saúde em ordem.

Esses procedimentos também são recomendados para que todo paciente conheça o seu histórico familiar. Isso porque a genética pode contribuir para o surgimento de certas doenças, como a diabetes e as doenças cardiovasculares, o câncer etc. E pessoas com tais históricos precisam fazer acompanhamento preventivo frequente, minimizando as chances de desenvolvimento das doenças na forma grave, por exemplo.

Quando a palavra prevenção entra em cena, engana-se quem pensa que só é necessária para quem está na terceira idade. Homens, mulheres, bebês e crianças devem ser alvo de cuidados preventivos.

População brasileira hoje e a saúde

De acordo com a Fiocruz, instituição pública e estratégica de saúde, o Brasil está vivenciando atualmente um processo de transição demográfica que impacta diretamente o seu perfil epidemiológico.

Isso quer dizer que em virtude do envelhecimento da população, estão crescendo os índices de doenças crônicas não transmissíveis como, por exemplo:

  • Problemas cardiovasculares e respiratórios;
  • Diabetes;
  • Diversos tipos de câncer.

Ao mesmo tempo, persistem no nosso País as doenças transmissíveis, emergentes, reemergentes e as doenças negligenciadas. Essas são as enfermidades que tradicionalmente afetam o povo brasileiro.

Diante desses fatores, a expectativa para os próximos anos é a convivência entre essas duas realidades, o que inclui todas as repercussões que isso pode trazer para o sistema de saúde no Brasil.

Mais do que nunca, cuidar da saúde é urgente e o Dia Nacional da Saúde está aí para nos lembrar.

Cotação online de Planos de Saúde

Última atualização em 03/08/2022

 

Deixe uma resposta