Skip to main content

Veja os principais cuidados com carros blindados

Por 17 de maio de 2021setembro 21st, 2021Mobilidade
cuidados com carro blindado

Infelizmente, a frota brasileira de veículos de passeio blindados é a maior do mundo. Atualmente, o Brasil já ultrapassou a marca de 200 mil unidades. Em 1997, o número não passava de 400 unidades. As razões para este crescimento de 50.000% em pouco menos de 25 anos são mais do que sabidas: a escalada da violência nas grandes metrópoles brasileiras. Mas você sabe quais são os cuidados com carro blindado?

Cotação online de Seguro Auto

Como é feita a blindagem?

A blindagem de um veículo torna inviolável a sua cabine. Para isso, as partes mais vulneráveis recebem materiais que podem resistir a disparos de armas de fogo e até mesmo explosões de granadas.

As janelas têm seus vidros substituídos por outros, blindados. As portas, teto, assoalho, painel corta-fogo e acesso ao porta-malas recebem uma manta de kevlar. Já as colunas ganham reforços de aço. 

Por dentro dos pneus, uma cinta de naylon é instalada para que eles possam rodar mesmo vazios. O nível de blindagem mais comum no Brasil é o 3A. Ele pode resistir até a disparos da pistola Magnum .44, a mais potente arma de mão disponível no país.

O custo médio de uma blindagem no Brasil é de aproximadamente R$ 60 mil. Segundo dados do Exército, são aproximadamente 400 empresas blindadoras operando no país.

O eixo São Paulo-Rio de Janeiro é hoje responsável por mais de 85% das blindagens feitas no país. Se você mora na região, possivelmente já está familiarizado com o assunto.

Quais são os cuidados com carro blindado?

A utilização e a manutenção de um carro blindado exigem cuidados diferentes dos aplicados aos modelos comuns. Por serem mais pesados, os blindados exigem mais “da máquina”. É como se o carro andasse carregado o tempo todo, mesmo com a redução de peso da blindagem nos últimos anos.

Mais pesado, o veículo tem um desgaste mais rápido de diversos componentes. Entre os itens que terão sua durabilidade reduzida estão:

  • Discos e pastilhas de freio
  • Suspensão
  • Pneus
  • Óleo do motor
  • Óleo do câmbio

Desta maneira, os cuidados com carro blindado são maiores. Se você tem um, deve reduzir pela metade os prazos de trocas e inspeções indicados no manual do proprietário, que normalmente são a cada 10 mil quilômetros. 

O ideal é fazer uma revisão a cada 5 mil quilômetros ou 12 meses, o que ocorrer primeiro. A blindagem também deve ser verificada anualmente em uma oficina especializada ou na blindadora responsável pelo serviço.

A maneira de usar o carro também muda

Os cuidados com carro blindado não se limitam apenas à manutenção. A utilização requer alguns pontos de atenção para que os componentes, em especial os vidros, não sejam danificados e para que você não coloque sua segurança em risco.

  • Nunca feche as portas com as janelas abertas para não trincar ou quebrar as bordas dos vidros;
  • Evite deixar as portas abertas para não sobrecarregar as dobradiças;
  • O carro blindado retém mais calor. Para não criar delaminações (bolhas de ar entre as camadas de naylon) nos vidros, procure não estacionar o carro blindado sob o sol;
  • Se for inevitável, não jogue água ou ligue o ar-condicionado em uma temperatura muito baixa antes de reduzir um pouco o calor da cabine para não causar trincas nos vidros.

Blindado exige um modo de dirigir diferente

No nível 3A, a blindagem acrescenta entre 150 e 250 quilos ao peso do carro. Como dito acima, é como se você andasse carregado o tempo todo, mesmo quando está sozinho. Se estiver com todos os passageiros, a situação é mais crítica ainda.

Além disso, o maior peso da blindagem está concentrado nos vidros. Eles ficam em uma posição mais elevada e alteram o centro de gravidade do veículo, especialmente em modelos mais altos e/ou com janelas grandes. Confira alguns cuidados com carro blindado ao dirigir:

  • Antecipe as frenagens e as faça de modo suave para não sobrecarregar o sistema;
  • Reduza as velocidades nas curvas. O centro de gravidade é mais alto nos blindados e pode diminuir a estabilidade do veículo;
  • Quanto mais suave for seu modo de dirigir, mais seguro será o trajeto e menor será o desgaste do veículo;
  • Se você optou pela segurança de um carro blindado, ande sempre de janelas fechadas e portas travadas;
  • Mesmo com um carro blindado, evite deixar à mostra objetos de valor;
  • Ao entrar ou sair do veículo, preste atenção se não há pessoas com atitudes suspeitas.

Cuidados com carro blindado na compra

Com mais de 200 mil carros blindados no Brasil, o mercado de usados e seminovos está lotado de opções. Esta pode ser uma boa alternativa, uma vez que o custo é consideravelmente menor. 

Vamos dar o exemplo do Jeep Compass Limited 2.0 Turbodiesel 2019 blindado e com aproximadamente 30 mil quilômetros rodados. Ele pode ser encontrado por apenas R$ 15 mil a mais do que o modelo igual sem blindagem. Uma diferença de 75% em relação ao custo da proteção quando novo.

A compra de um carro blindado usado, contudo, requer ainda mais atenção. Além de todos os cuidados e verificações comuns para carros sem blindagem, você deve checar os seguintes itens:

  • Verifique se a blindagem consta no documento e se tem autorização do Exército;
  • Confira a empresa que fez a blindagem e se ela ainda está em operação;
  • O carro deve ter passados por revisões anuais da blindagem;
  • Observe se há delaminações nos vidros;
  • Evite carros blindados mais antigos.

E o Seguro Auto de um blindado?

Atualmente, quase todas as seguradoras aceitam carros blindados e oferecem cobertura adicional para a blindagem. A boa notícia é que a diferença no valor do prêmio não é grande. 

A apólice nova de um Toyota Corolla Cross XRE 2022, zero quilômetro, no perfil de um homem de 42 anos, casado, morador da zona oeste de São Paulo, com garagem em casa e no trabalho ficou, em média, 20% mais cara com a blindagem incluída. 

Quer cotar o seguro de seu carro blindado? Faça uma simulação e descubra.

 

Última atualização em 17/05/2021

Deixe uma resposta