Skip to main content

Dicas de como lavar moto corretamente em 8 passos

Por 2 de agosto de 2021Mobilidade
como lavar moto

Tá com a sua moto suja em casa? Calma, não precisa abrir o bolso para levá-la diretamente a um profissional para fazer a lavagem. Você pode fazer o procedimento mensalmente sem sair do seu lar, estendendo a vida útil do seu bem. Quer saber como lavar moto? 

Elencamos oito passos fáceis e simples para deixar a sua moto lindona, mais segura e brilhando, acompanhe! 

Cotação online de Seguro Moto

Como lavar moto: quais materiais são necessários?

Antes de botar a mão na massa, vale separar os materiais básicos para lavar a moto. Para estar preparado de como lavar moto, listamos o que você vai precisar, confira: 

  • Mangueira; 
  • Balde; 
  • Shampoo específico para veículos ou sabão neutro; 
  • Luva de microfibra, 
  • Esponja para a limpeza das rodas; 
  • Escova de dente, voltado para limpar o motor e partes internas da carenagem; 
  • Lubrificante; 
  • Panos.  

Vamos agora entender quais são os oito passos de como lavar moto corretamente. 

Como lavar moto: passo a passo

Pode não parecer, mas a lavagem de uma moto é mais simples do que parece. É claro, alguns cuidados e detalhes são essenciais para evitar danificar a moto e, assim, colocar em risco a própria segurança do condutor. 

Por isso, explicaremos o passo a passo de como lavar moto. Acompanhe:

1. Espere o motor esfriar

Pensou que poderia lavar a moto com o motor quente? Nada disso! Aguarde o motor ficar frio para iniciar o processo de lavagem. Caso lave com o motor quente, aumenta a chance de sofrer alguma queimadura, uma vez que o equipamento estará numa temperatura alta. Fique ligado, também, ao escapamento, outro componente que esquenta bastante. 

Ao desligar a moto, espere cerca de 30 minutos para o motor e demais peças esfriarem. 

2. Escolha um lugar com sombra

Prefira lavar a moto em lugar fresco, numa área com sombra. Se deixá-la no sol durante a lavagem, corre o risco de manchar a pintura ou deteriorar plásticos, por conta do shampoo secar antes da hora com a luz solar. 

Na verdade, esse passo deve ser adotado não apenas na lavagem, mas também pensando na conservação da motocicleta. A exposição ao sol pode encurtar a vida útil do veículo, mantenha sempre a moto em local coberto e seguro. 

3. Cuidados ao jogar água

Antes do condutor jogar água na motocicleta, o ideal seria vedar as entradas de ar e do escapamento. Isso ajuda a impedir que haja qualquer dano nesses componentes. 

Cadê a água, afinal? Pois bem, chegou o momento. Comece jogando água na moto com uma mangueira (evite as de alta pressão) ou balde para que a sujeira seja mais fácil de ser removida.  

Neste momento, cuidado com a parte elétrica, cáliper, chicotes e reservatório do fluído de freio. Não jogue água diretamente neles, beleza? Se quiser, coloque um plástico para proteger essas partes. 

+ Como funciona o catalisador de moto?

4. Comece esfregando de cima para baixo

Com o veículo molhado, comece esfregando as partes mais altas e laterais da moto. Desta forma, a espuma do shampoo ou sabão vai escorrer e alcançar a parte mecânica e pneus. 

Aqui, use a luva de microfibra para esfregar as superfícies, como painel, lentes, carenagens e banco. Por fim, não esqueça da rabeta e do local onde está a placa, que costumam acumular sujeiras. 

Dica: para limpar a luva cheia de espuma e resíduos, separe um segundo balde voltado para isso. Assim, conserva o balde específico para o shampoo, que deve ser diluído conforme o que estiver descrito no rótulo. 

Para esfregar, esponjas comuns e panos acabam não surtindo o efeito esperado, pois mantêm os grãos de sujeiras na superfície, além de causar pequenos riscos na pintura. 

5. Use escova para limpar parte mecânica

Como falamos de uma área composta por graxa mais grossa ou óleo, não é recomendado usar a luva de microfibra nessa parte. O motivo? O lubrificante vai infiltrar no tecido da luva. 

Por isso, o ideal seria utilizar uma escova destinada para essa limpeza, como uma escova de dente, que tem cerdas resistentes. Sim, isso mesmo, uma escova que usamos para a higiene bucal serve para limpar certos componentes lubrificados, como a corrente da moto

Inclusive, a escova seria adequada para alcançar locais de difícil acesso e mais distantes, como chassi, parte de baixo do motor (aletas, por exemplo) e braço oscilante da suspensão. Nada de reutilizar a escova para uma nova limpeza da moto, ok? Uma escova “suja de graxa” não deve ser administrada no motor. 

Se puder, coloque um desengordurante na ponta da escova para efetuar a limpeza de peças que não são cromadas do motor. Isso deixará as peças mais brilhantes e aparentando estarem novas. 

6. Não esqueça de lavar as rodas

Para as rodas, indica-se passar algum objeto abrasivo, como uma palha de aço fina ou uma esponja com parte áspera. Já que se aglomera muita sujeira ali, vale misturar shampoo com querosene, desde que mantenha o cuidado para não riscar as rodas. Gire-as durante o processo de lavagem garantindo que nenhuma parte fique suja. 

Não deixe de limpar as bengalas da moto. Porém, utilize novamente uma escova ou pincel para a limpeza. 

7. Momento de secar

Ao chegar o fim da lavagem, enxágue a moto mais uma vez com água para retirar todo o shampoo. Depois, seque com um pano macio e limpo todas as partes plásticas e lentes que estão molhadas. 

Achou que esquecemos da parte mecânica? Não, neste caso a limpeza seria diferente. Saía para dar um passeio com o propósito de secar o conjunto mecânico e freios. Evite guardar a motocicleta com excesso de água que leve a uma oxidação em determinados pontos e deixar o veículo menos seguro. 

8. Lubrifique as correntes

Para a última etapa de como lavar moto, faça a lubrificação das correntes da moto. Este momento deve ocorrer apenas com a moto seca. Mesmo que não pareça importante, lubrificar ajuda a amenizar o atrito entre os metais. Isso impede que haja uma quebra ou dano nas correntes, além de remover impurezas nas peças internas. 

Para lubrificar, não tem mistério. Use um óleo específico em toda a corrente, puxe o cabo da embreagem e aplique um spray desengripante, geralmente usado para desemperrar e combater a ferrugem em metais.

Passo extra: caso queira deixar a sua moto ainda mais bonita, há diferentes produtos para dar um polimento nas partes plásticas, como a aplicação de cera na pintura – com menor frequência. No assento, existe até hidratante corporal como opção ao condutor. 

Ok, agora que já sabe como lavar moto, que tal fazer uma simulação de um seguro de moto para você? Deste modo, pode encontrar a garantia que procura para pilotar sossegado

 

Cotação online de Seguro Moto

Última atualização em 02/08/2021

Deixe uma resposta